Novo coronavírus no Brasil: o que já sabemos sobre o 1º caso

Homem voltou da Itália com sintomas iniciais da doença como febre e tosse; entenda

Nesta terça (25), foi registrado oficialmente o primeiro caso suspeito do novo coronavírus no Brasil. O caso foi confirmado pelo Hospital Israelita Albert Einstein, em São Paulo, comprovado pelo Instituto Adolfo Lutz e declarado oficialmente pelo Ministério da Saúde.

De acordo com o órgão, trata-se de um homem de 61 anos, que traz o histórico de viagem para a Itália, na Lombardia, sozinho e a trabalho, entre 9 e 21 de fevereiro, período em que mais de 300 pessoas foram infectadas na região, com 11 mortes até o momento.

Está com febre, tosse seca, dor de garganta e coriza, compatíveis com a doença do coronavírus 2019 (COVID-19). Mas se encontra bem, com sinais apenas sintomas brandos e já recebeu orientações de precaução padrão enquanto a investigação segue em curso.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

A divulgação do laudo final foi feita nesta quarta (26), e a Anvisa já solicitou à companhia aérea a lista de passageiros que estavam no mesmo voo também para investigação. Afirma ainda que aumentou o monitoramento nos voos.

Com o caso, o Brasil pode se tornar o primeiro país da América Latina atingido pelo vírus, que já infectou mais de 80 mil pessoas e já matou mais de 2700.

Como se proteger do coronavírus

O novo coronavírus (2019-nCoV) ocasiona uma espécie de pneumonia altamente letal. O que se sabe até agora é que pode ser transmitido de pessoa para pessoa e também pode ocorrer o contágio por meio de animais. Para prevenção, a Organização Mundial da Saúde (OMS), orienta:

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Coronavírus tem cura?

Novo coronavírus: 12 mitos sobre a doença que podem confundir

O que é coronavírus e quanto devemos nos preocupar com ele?

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Dengue e gripe no Brasil são mais letais que coronavírus