Compare 10 óleos vegetais antes de fazer a escolha mais saudável

Eles são amigos da culinária e oferecem ômega 3, 6, 9 e vitamina E

POR ANA PAULA DE ARAUJO - ATUALIZADO EM 07/10/2016

Os óleos vegetais são mais saudáveis que os de origem animal, já que apresentam quantidade menor de gorduras saturadas, maléficas ao coração. Ricas em ácidos graxos - ômegas 3, 6 e 9 - e vitamina E, essas opções vegetais funcionam como veículo de absorção das vitaminas lipossolúveis (A,D,E e K) e participam da produção de hormônios como cortisol, estrógeno, progesterona, testosterona.

A variedade de óleos é grande e, embora suas características nutricionais sejam parecidas, as propriedades físicas variam, assim como o sabor. A seguir, confira dicas para utilizar alguns óleos vegetais, suas propriedades e dicas de preparo, segundo as nutricionistas Mariana Pizzoccaro, da Grani Amici, e Roseli Rossi, da clínica Equilibrio Nutricional, em São Paulo.

Óleo de soja

Essa opção é um ácido graxo poliinstaurado, rico em ômega 6, ômega 3 e vitamina E. Ele contribui para o bom funcionamento do sistema nervoso, possui ação anti-inflamatória e ainda é amigo do coração, já que ajuda a regular os níveis de colesterol. Utilize-o, em especial, para frituras, preparações grelhadas e assadas. Conta com 98 kcal por colher de sopa.