Conheça oito óleos funcionais que te dão saúde e ajudam a emagrecer

Eles aceleram o metabolismo, dão saciedade e podem até ser usados como hidratantes para a pele

POR MANUELA PAGAN - PUBLICADO EM 15/02/2012

Os óleos funcionais, como o óleo de coco e o óleo de cártamo, têm vantagens que vão além da perda de peso. Aumentar o metabolismo e a saciedade, manter a pele bonita e atenuar os sintomas do TPM são só algumas das ações comprovadas. "Eles passam por uma prensagem a frio, sem solventes e sem refinamento, garantindo que os ácidos graxos - substâncias antioxidantes responsáveis por melhorar a fluidez do sangue e diminuir o colesterol ruim - não sejam perdidos", explica a nutricionista Larissa Marin, especialista em nutrição funcional de São José do Rio Preto (SP).

Apesar de o preço ser um tanto salgado (a garrafinha com 250 ml varia de 25 a 65 reais), o rendimento é muito bom. "Como a ingestão recomendada varia entre duas colheres de chá ou de sopa por dia, cada garrafa dura em média dois meses", explica a nutricionista. Mas lembre-se sempre de ingeri-los em temperatura ambiente, já que o aquecimento pode eliminar alguns nutrientes. O Minha Vida preparou uma lista com os diferentes tipos de óleos para que você escolha o que melhor se encaixa às suas necessidades.  

Óleo de Linhaça

A linhaça é uma semente oleaginosa rica em ácidos graxos, que ajudam na redução de triglicerídeos, na regulação da pressão arterial e no combate à inflamação das células de gordura. O óleo dessa semente ainda possui lignanas em sua composição, que são transformadas em substâncias semelhantes aos hormônios estrógenos e, em consequência, levam à redução do colesterol total e do LDL (colesterol ruim) e à regulação da pressão arterial. Os ácidos graxos do óleo de linhaça também estimulam mais a saciedade do que os outros tipos de óleo.  

Seu peso dos sonhos é ideal para você?

Responda a avaliação e descubra se seu peso atual e sua
meta de emagrecimento são saudáveis.

Este conteúdo ajudou você?
Sim Não