Alimentos afrodisíacos abrem apetite sexual

A forma e o aroma instigam o desejo, mas alguns possuem nutrientes estimulantes

ARTIGO DE ESPECIALISTA - ATUALIZADO EM 27/07/2016

Daniela Cyrulin
Nutrição - CRN 18196/SP

Tem dia que acordamos inspirados. E nesses momentos pensamos logo em agradar a pessoa amada com um jantarzinho bem especial. Para isso, apostamos em ingredientes que possam apimentar a relação.

Alguns alimentos são considerados afrodisíacos apenas por causa de sua forma e outros por causa de seu aroma. Mas alguns têm mesmo base química para tais alegações.

Então, que tal entendermos alguns deles já que o termo "afrodisíaco" remete à Afrodite, deusa grega do amor, da virilidade e da beleza, dona de um forte poder de sedução.

Pimenta: A ingestão de pimenta gera reações fisiológicas no corpo como, por exemplo, transpiração, aumento da frequência cardíaca e da circulação sanguínea.

São reações semelhantes àquelas vivenciadas quando fazemos sexo. A pimenta contém capsaicina que é responsável pelos efeitos além de ser um ótimo analgésico.

Outro efeito descrito causado pela ingestão de grandes quantidades de pimenta é uma irritação dos órgãos genitais e da região urinária que causa sensação semelhante à excitação sexual.

"o chocolate causa a mesma euforia que sentimos quando estamos amando".

Alho: É considerado afrodisíaco por uma tradição chinesa.

Gengibre: É considerado afrodisíaco pelo seu aroma, mas ele realmente estimula o sistema circulatório.

Chocolate: Os pesquisadores estudaram o chocolate e constataram que ele libera serotonina, substância química que causa "bem-estar". Ela ocorre naturalmente no corpo e é liberada pelo cérebro quando estamos felizes ou apaixonados, ou seja, o chocolate causa a mesma euforia que sentimos quando estamos amando.

Morango, baunilha e canela: Talvez sejam considerados afrodisíacos pela tradição, já que morango com chantily é sexy e os aromas de baunilha e canela também! Estimulam nossos sentidos!

Anis: O anis tem compostos estrogênicos (hormônios femininos) que são conhecidos por induzirem efeitos similares aos da testosterona, o hormônio masculino, ou seja, aguçam a vontade de fazer sexo.

Banana: Provavelmente pelo seu formato. Mas a banana também é rica em potássio e vitaminas do complexo B, substâncias necessárias para a produção de hormônios sexuais.

Manjericão: Pelo seu aroma. O manjericão também melhora a circulação sanguínea.

Mel: O mel é rico em vitaminas do complexo B (necessárias para a produção de testosterona) e em boro (uma substância que ajuda o organismo a metabolizar e usar o estrogênio ? hormônio feminino). Alguns estudos sugerem que o mel também pode elevar os níveis de testosterona no sangue.

Alcaçuz: Considerado pelo seu aroma diferenciado, mas alguns artigos sugerem que sua ingestão pode aumentar o fluxo sanguíneo para o pênis.

Mamão: O mamão (como a semente de anis) é estrogênico, o que significa que ele tem compostos que agem como o estrogênio, o hormônio feminino. Ele pode ser usado para aumentar a libido da mulher.

Bom, depois dessa aula, que tal um banquete afrodisíaco?
-Um bom peixe temperado com alho preparado com gengibre e pimenta.
-Farofa de banana com manjericão para acompanhar.
-Para a sobremesa, salada de frutas com mamão, banana, morango, raspas de chocolate e mel.
-Para beber uma bebida à base de anis: 1 parte de absinto para 5 partes de água e bastante gelo.

Divirta-se!