Alimentação balanceada mantém o fígado saudável e o corpo livre de toxinas

Brócolis, abacaxi e laranja são apenas alguns dos alimentos que ajudam na desintoxicação do organismo

ARTIGO DE ESPECIALISTA - PUBLICADO EM 21/08/2012

foto especialista
Dr. Roberto Navarro Sousa Nilo Clínico Geral - CRM 78392/SP
especialista minha vida

O fígado é um órgão que efetua diversas funções diferentes, todas ligadas ao bom funcionamento das atividades metabólicas. Age em diversos processos do organismo, destruindo, processando e reconstruindo elementos. Ele também bloqueia substâncias que podem fazer mal ao organismo, pois possui uma ação antitóxica extremamente importante e tem papel vital no transporte de nutrientes, essencial ao equilíbrio do organismo. 

 Não é força de expressão dizermos que o funcionamento inadequado do fígado - causado por hábitos de vida nocivos - influencia a saúde e a aparência. Se a sua alimentação não é das mais equilibradas, vale a pena repensar o que anda compondo seu prato. Uma alimentação desbalanceada e inadequada - repleta de alimentos gordurosos, conservantes, agrotóxicos, refinados (farinha branca e açúcar) e bebidas alcóolicas - sobrecarrega o órgão responsável por efetuar a limpeza do nosso organismo. Ele acaba sofrendo com as consequências de diversas doenças e tornando-se deficiente em uma de suas funções, o de detoxificar o organismo. A detoxificação é qualquer processo de eliminação de substâncias tóxicas do organismo.

 Uma pesquisa feita em parceria entre a Universidade de São Paulo e a Universidade de Campinas constatou que as mulheres brasileiras andam comendo muito mal e que os efeitos a longo prazo podem ser devastadoras para a saúde e para a qualidade de vida. O exagero no consumo de gorduras e açúcares torna o organismo vulnerável a doenças oportunistas, como o diabetes e a obesidade.

 Além disso, o consumo excessivo de calorias - que leva ao ganho de peso e ao aumento da circunferência abdominal - gera um quadro chamado de esteatose hepática, que nada mais é que excesso de gordura no fígado. A consequência pode ser a inflamação do fígado (hepatite gordurosa), que pode culminar em cirrose hepática. A incidência da associação dessas doenças triplicou nos últimos anos.

"Uma alimentação desbalanceada e inadequada sobrecarrega o órgão responsável por efetuar a limpeza do nosso organismo"

 Alguns sintomas podem estar relacionados ao mau funcionamento do fígado. Fique atento a:

- Boca amarga;
- Fadiga;
- Má digestão;
- Olhos amarelados.

Outros sintomas podem passar despercebidos, pois o fígado é um órgão que só dá sinais de que algo não vai bem quando a agressão e a repetição dos hábitos nocivos são extremas.

Controle no prato

 Para a nossa sorte, não é preciso transformar o prazer de comer em tortura para se nutrir de maneira adequada. Em geral basta incluir em sua alimentação diária as seguintes combinações:

- Três a quatro porções de frutas e vegetais;
- Uma porção de leguminosas;
- Uma a duas porções de proteína magra;
- Quatro a cinco porções de carboidratos integrais, de preferência;
- Uma porção de gordura saudável.

Alimentos detoxificantes

 Alguns alimentos têm um efeito claramente purificante em certos órgãos, especialmente no fígado, rins e trato digestório - que processam toda a comida que ingerimos. Quando esses órgãos operam de forma eficiente, a digestão e a maneira que o nosso organismo utiliza os nutrientes melhoram.

 O resultado aparece na balança, na aparência e especialmente na sensação de bem-estar. Uma ótima maneira de estipular um plano de perda de peso é incluindo esses alimentos em sua alimentação diária, eles detoxificam e melhoram a digestão. Alguns exemplos são: abacaxi, kiwi, uva, pêssego, maçã, damasco, melão, pera, manga, mamão, ameixa preta, cereja, frutas vermelhas, laranja, limão, grapefruit, batata doce, cebola, alho-poró, alho, cenoura, beterraba, pepino, abobrinha, brócolis, alcachofra, aspargo, endívia, espinafre, agrião, couve-lombarda, azedinha, aipo, alga marinha, psilio, lentilhas, alfafa, semente de girassol, ostras, camarão, fígado, ovos, água, gengibre, entre outras.

Seu peso dos sonhos é ideal para você?

Responda a avaliação e descubra se seu peso atual e sua
meta de emagrecimento são saudáveis.

Este conteúdo ajudou você?
Sim Não