Brócolis ajuda na prevenção de problemas cardíacos e câncer

O vegetal traz uma infinidade de benefícios à saúde, mas exige cuidado no modo de preparo

ARTIGO DE ESPECIALISTA - ATUALIZADO EM 11/10/2016

Dr. Durval Ribas
Nutrologia - CRM 40093/SP
especialista minha vida

Muito usado em saladas, massas, e muitas receitas pelos brasileiros, o brócolis é um dos vegetais mais nutritivos. O Brasil é um dos países que mais consomem o vegetal, principalmente pela sua variedade na hora do preparo, e por apresentar diversos benefícios para saúde, como o aumento da imunidade, ajuda no combate contra as células cancerígenas e a eliminação das bactérias que afetam o pulmão.

Um estudo publicado no American Journal of Clinical Nutrition evidencia que uma dieta rica em vegetais crucíferos e glucosinalatos, caso do brócolis, reduz o risco de câncer e de problemas cardiovasculares. A pesquisa inseriu brócolis e ervilhas, com taxas maiores de glucosinalatos, em uma dieta de 12 semanas.

Quando inserido na dieta, o alimento também elimina a bactéria H. Pylori, principal responsável por duodenite (inflamação do duodeno), úlcera do duodeno, úlcera do estômago, câncer do estômago e linfoma do estômago (linfoma MALT). A pesquisa que obteve o resultado é da Johns Hopkins University School of Medicine.

A osteoporose pode ser evitada com o consumo de brócolis. Por ser rico em cálcio, a ingestão do vegetal é recomendada, aliada a exercícios físicos e visitas a profissionais da saúde. Segundo dados da International Osteoporosis Foundation (IOF), a doença atinge 200 milhões de pessoas em todo o mundo. No Brasil, cerca de 10 milhões de pessoas sofrem com o mal.

Pesquisadores do Roswell Park Institute em Nova Iorque testaram o brócolis contra o câncer de bexiga. Em dose elevada, o vegetal reduz significativamente os riscos de desenvolver essa doença. Um estudo americano realizado de 1993 a 2001 com 30 mil homens, com idades entre 55 e 74 anos, colocou em evidência a sua ação sobre a forma agressiva do câncer da próstata.

O brócolis é um vegetal crucífero e um alimento funcional rico em vitaminas e minerais, como A, C, B1, B2, B6, K, cálcio, potássio, zinco, ferro e sódio. O vegetal também possui ácido fenólico, genesteína e indol, que aumentam a atividade enzimática e a absorção de nutrientes, além de inibir a formação e o crescimento de nitrosaminas (compostos químicos cancerígenos).

Por ser um alimento de baixa caloria (100 gramas possuem aproximadamente 36 kcal), é apreciado cru, cozido, grelhado ou como ingrediente de várias receitas, como sopas, tortas, suflês etc.

Um único alerta deve ser levantado quanto ao brócolis. Quando cozidos em excesso, eles perdem a maior parte de seus nutrientes, além de alterar a textura do vegetal. O ideal é cozinhá-los em vapor por pouco tempo, a fim de manter todas as propriedades benéficas à saúde. O brócolis é um alimento muito perecível e, portanto, deve ser guardado em sacos plásticos e mantido sob refrigeração por, no máximo, uma semana.