PUBLICIDADE

Consumo excessivo de pão branco é equivalente a ingerir glicose

Estudo espanhol associa o consumo de pão branco com o aumento do risco de obesidade

Comer um pão quentinho no café da manhã é um hábito muito comum entre as pessoas, porém a quantidade excessiva de carboidratos presente no alimento pode ser prejudicial à saúde.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

De acordo com uma pesquisa realizada em 2014 por pesquisadores da Universidade de Navarra, na Espanha, consumir mais de dois pães brancos por dia está associado a um aumento de 40% no risco de obesidade. Os pesquisadores analisaram mais de 9 mil voluntário por 5 anos, levando em conta os seus hábitos alimentares através de um questionário de frequência alimentar.

A farinha usada para fazer o pão branco é altamente refinada, transformando o amido rapidamente em açúcar, ou seja, quando uma pessoa já sofre de sobrepeso ou tem resistência à insulina, o processo se torna uma verdadeira bomba.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

O pão branco apresenta o maior índice glicêmico e, por isso, não deve ser consumido em grandes porções. Segundo o pesquisador Miguel Ángel Martínez-González comer pão branco é o mesmo que tomar glicose, isso por que quando ingerido provoca um alto pico de glicose no organismo.

Contudo, nem todos os tipos de pães se vinculam ao risco de excesso de peso, por isso, não é preciso deixar de consumir o alimento. O pão integral é uma excelente alternativa para entrar no cardápio por não ser preparado com farinha refinada, mantendo as quantidades de vitaminas, minerais e fibras dos cereais no pão, tornando-o bastante nutritivo.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)