Água termal traz sete benefícios para a pele

Entenda também o que é este produto, para que serve e como usá-lo

POR NATHALIE AYRES - ATUALIZADO EM 25/11/2016

A água termal tem feito a cabeça de quem acompanha o mundo dos cosméticos. E por mais que no rótulo informe que ela só contém água, a composição do líquido é o fator mais importante e que justifica inclusive o preço do cosmético. "A água termal conta com uma composição específica, pois passa por um processo de filtração próprio, que mantém seus minerais em ótimas condições e não apresenta bactérias", enumera a dermatologista Edislene Viscardi, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia. "Além disso, a água termal tem menos sódio em sua composição e é mais rica em selênio, cálcio e manganês, quando comparada à água mineral", completa a especialista. Esse diferencial ocorre devido a temperatura mais alta da água termal, que normalmente é encontrada entre 37 e 50 graus.

Ela é normalmente comprada em spray, e deve ser borrifada sobre a pele antes de passar ou retocar o filtro solar, para não anular essa proteção. "Alguns cremes e loções hidratantes podem vir enriquecidos com água termal para otimizar sua ação calmante e suavizante na pele", considera a dermatologista Carla Albuquerque, membro efetivo da Sociedade Brasileira de Dermatologia. O ideal é passar o suficiente para cobrir a área do corpo, mas não há problema no uso excessivo, já que o produto é apenas água com concentrações relevantes de minerais.

Além de se destacar das águas minerais comuns, cada composição mineral tem uma função diferente para a pele, que fica disponível na embalagem. Descubra qual é a água termal ideal para cada problema e compre a melhor para você.

Tem propriedades cicatrizantes

A vermelhidão causada por cicatrizes e problemas de pele também podem ser amenizadas pela água termal, já que ela ajuda na cicatrização da pele. "Para ação cicatrizante é importante conter enxofre e zinco, pois esses dois minerais participam do processo de reparo tecidual", aponta a farmacêutica Alexandra. Alguns chegam inclusive indicar o uso de água termal para problemas como rosácea, psoríase e eczema. "Mas nesses casos são mais indicados tratamentos mais completos nas estações de águas termais", frisa a dermatologista Carla.