Pele do colo e do pescoço também precisa de cuidados

Hidratação e proteção solar são etapas importantes para prevenir rugas e manchas

POR ANDRESSA BASILIO PUBLICADO EM 01/04/2010

Dizem que eles são uma prova irrefutável da idade que está chegando. Símbolos de feminilidade, as áreas do colo e pescoço nem sempre ganham a merecida atenção quando o assunto são os cuidados com a pele. O foco, na grande maioria das vezes, acaba sendo tratar a pele rosto. Loções, cremes, séruns, vale tudo para atacar qualquer indício de rugas, marcas e linhas finas. O que muita gente acaba percebendo um pouco tarde demais é que para manter uma aparência harmônica, não dá para esquecer destas duas regiões, que ficam tão expostas quanto o rosto.

O colo e o pescoço são formados por uma pele muito fina e, em razão da menor quantidade de glândulas sebáceas que acumulam estão ainda mais propensos ao ressecamento e à flacidez. "O pescoço também não tem muitos pelos, por isso a pele fica mais desprotegida", explica a dermatologista Daniela Taniguchi de Barros, professora da Faculdade de Medicina do Grande ABC.

A seguir, a especialista lista os principais cuidados para manter a pele do colo e pescoço bonita, saudável e prevenir o envelhecimento precoce. 

Vista a armadura

Proteja-se do sol. A exposição a radiação solar provoca ao colo e pescoço os mesmos danos que causa ao rosto. Os raios ultravioletas favorecem o aparecimento de manchas na pele, além de acelerar a perda de colágeno, resultando na indesejada flacidez .

Para evitar estes problemas, o uso do protetor solar é tão indispensável quanto escovar os dentes. Deve ser um hábito diário. Como não existem protetores solares específicos para a região do colo e do pescoço, nessas áreas é importante passar o mesmo protetor usado no rosto, por ser mais concentrado. "É recomendado o uso diário de protetor, no mínimo duas vezes por dia, para garantir que o fator de proteção seja mantido", explica a dermatologista Daniela Taniguchi. Pessoas de pele mais claras deverão usar, no mínimo, o fator 30. Já, para as peles mais morenas, é recomendado o fator 15. 

Apague as marcas
As manchas avermelhadas, chamadas de poiquilodermia, são um problema sério. Muito frequentes, elas se originam por causa da exposição crônica ao sol e aparecem no colo, que é uma das áreas que mais ficam expostas, já que muitas mulheres costumam usar blusas decotadas. O sol ainda pode provocar o aparecimento de outro tipo de mancha, as chamadas melanose solares. "Escuras, de coloração marrom, geralmente essas manchas são pequenas e aparecem em pessoas mais velhas, embora estejam mais relacionadas com a exposição solar do que com o processo de envelhecimento", explica Daniela Taniguchi.

Mantenha a firmeza
Além das manchas, a pele do pescoço está mais suscetível à flacidez e ao aparecimento de rugas. Apesar de o sol acentuar esses problemas, pois acelera a perda do colágeno, o enrugamento da pele faz parte do processo natural de envelhecimento cronológico. Já a flacidez, varia de pessoa a pessoa, dependendo da predisposição genética.

Além de aplicar filtro solar no colo e no pescoço, manter a região hidratada garante uma pele mais saudável com o passar do tempo. Para evitar ressecamento e envelhecimento precoce da pele, Daniela Taniguchi recomenda o uso de hidratantes que contenham vitaminas A, D e E e o uso de cremes nutritivos de ação antioxidante. "Os produtos que contém substâncias antioxidantes visam diminuir os efeitos colaterais dos raios ultravioletas e preservar as células de colágeno e fibras de elastina, responsáveis pela firmeza da pele", explica a dermatologista.  

foto getty images
Mulher massageia o pescoço

Aplique do jeito certo
A maneira correta ideal de se espalhar o hidratante, o protetor solar ou o creme anti-idade é promover uma massagem suave no sentido de baixo para cima do pescoço, como se estivesse fazendo uma drenagem linfática. "A massagem serve para que o sangue circule mais facilmente no local e oxigene as células", diz a dermatologista.  

Tratamentos
Para quem pulou a etapa da prevenção, há três tipos de tratamentos mais comuns nos consultórios dermatológicos: laser, peeling e botox.

Caso a pele já esteja danificada pelas manchas e melanoses, é aconselhável o tratamento a laser, que, através do estímulo de calor, faz com que as atividades metabólicas da derme aumentem, estimulando a produção de colágeno. Depois de algumas sessões, que variam de 4 a 10, a pele torna-se mais lisa e firme, atenuando as rugas, linhas de expressão e imperfeições. "A melhora é significativa, mas a pele não consegue voltar ao que era antes", explica Daniela.

Apesar de mais agressivo (em alguns casos, recomenda-se dias de repouso sem exposição ao sol), o peeling também pode ser utilizado, pois o ácido usado na aplicação elimina as manchas mais superficiais.

O botox é recomendado para quem tem o músculo dessas regiões muito marcado, com linhas e vincos. "O hábito de dormir de lado pode fazer com que a pele fique marcada por causa das dobras, favorecendo o aparecimento de rugas. Com a exposição ao sol, essas rugas ficam mais marcadas. Nesses casos, a aplicação de botox poderá ser eficiente".

Para combater a flacidez, os aparelhos de radiofrequência garantem maior eficiência, pois são emitidas ondas eletromagnéticas que aquecem a derme e a hipoderme, promovendo a contração das fibras de colágeno e estimulando sua produção.

Há ainda, uma alternativa mais barata para quem precisa de tratamentos para a pele. Embora de forma menos eficiente, os cremes clareadores a base de ácido glicólico e vitamina C combatem as manchas e o envelhecimento da pele. Para estimular a produção de colágeno, ainda, os produtos mais indicado são os que possuem ácido retinóico na composição.

Média de preços das sessões:
- Laser: R$ 500
- Radiofrequência: R$ 300
- Peeling: R$ 120

Símbolos de feminilidade, as áreas do colo e pescoço precisam ser bem cuidadas

Fique atenta

 - Como a pele do pescoço e do colo é mais seca, o ideal é que a limpeza da região seja feita com sabonetes neutros, assim eles não ressecam e nem aumentam a oleosidade da pele.

 - Deve-se evitar esfregar o local com esponjas de banho ou toalha, para não causar ferimento na pele, que já é muito sensível.

- Em dias de sol forte, tome cuidado com o perfume, pois ele reage com o sol e pode provocar manchas e alergias na pele.

- Joias e bijouterias podem provocar coceira e irritação, dependendo do material e do grau de secura da pele.

- Alguns exercícios físicos de ginástica facial deixam a pele do pescoço e do colo mais rígida, pois aumentam o metabolismo celular, a oxigenação e a circulação sanguínea da pele, ativando a produção de colágeno. 

Este conteúdo ajudou você?
Sim Não