Rugas: tratamentos e causas

REVISADO POR
Dra. Bhertha Tamura
Dermatologia - CRM 67946/SP
especialista minha vida

Visão Geral

O que é Rugas?

Rugas são linhas e depressões que se formam na pele com o envelhecimento. São dobras que ocorrem na pele ao longo dos anos pela força da musculatura e movimentos tanto dos membros como de todos os músculos chamados de expressão facial. Essas dobras, quando associadas aos efeitos solares, podem se tornar definitivas, profundas e até mesmo apresentarem alterações na qualidade da pele no fundo das mesmas. Elas aparecem principalmente em áreas mais expostas ao sol, como rosto, pescoço, mãos e braços.

O aparecimento das rugas se inicia pelo aparecimento das marcas do envelhecimento cronológico nas áreas de maior expressão facial. Além do aparecimento das rugas, com o processo do envelhecimento pode haver algumas alterações de cor da pele da face, pequenos tumores benignos como por exemplo as chamadas queratoses (marcas marrons a pretas com superfície rugosa), melanoses (manchas marrons), nevos (pintas pretas), aumento do número de vasos sanguíneos e até mesmo leucodermias (manchas brancas pequenas arredondadas).

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DESSA PUBLICIDADE ;)

Tipos

Existem diversas classificações de rugas, a mais conhecida é de um autor chamado Glogau. Ele divide na realidade, não somente as rugas, como o processo de envelhecimento, em uma escala:

  • Tipo 1: sem rugas
  • Tipo 2: rugas dinâmicas, que se forma com a expressão facial
  • Tipo 3: rugas de repouso
  • Tipo 4: quando há rugas em toda face, independente da expressão facial.

Causas

As rugas aparecem como um processo natural do envelhecimento chamado intrínseco e também tem sua evolução influenciada pelos fatores chamados extrínsecos. Não há como evitarmos a expressão dos nossos sentimentos através da mímica facial. O movimento constante e repetitivo da musculatura do rosto leva a formação das rugas naturalmente.

Peeling de diamante é tratamento para rugas, manchas na pele e estrias - SAIBA MAIS
2 de 7

Porém, alguns fatores externos podem acelerar o aparecimento das mesmas e elas não aparecem normalmente sozinhas, considerando um paciente que não utiliza nenhum creme protetor solar ou algum tratamento cosmiátrico, ele vai apresentar todas as lesões de pele já descritas com o passar do tempo, algumas delas se transformam nas chamadas ceratoses solares que são lesões de pele “pré-malignas” e que finalmente acabam se transformando em malignas ou até mesmo, o aparecimento das malignas, sem necessariamente surgirem de uma ceratose actínica.

O sol e os demais fatores vão causando com o tempo rupturas nas fibras mais profundas da pele, especialmente do colágeno, com o processo do envelhecimento ainda se soma o fato de que diminuímos a formação do colágeno. Além disso, há alterações vasculares com aumento de capilares com o tempo levando à formação às vezes de vasos visíveis, principalmente na pessoa com a pele clara.

Fatores de risco

As rugas são inevitáveis, e o maior fator de risco para seu aparecimento é o envelhecimento. No entanto, alguns hábitos podem fazer com que elas apareçam mais cedo:

Tabagismo

Cada cigarro diminui a oxigenação da pele por 90 minutos. Imagine quem fuma mais do que um por dia. Resultado: a pele fica grossa e amarelada, por causa da nicotina, sem viço e opaca. Além de todos os problemas que causa à saúde, o cigarro também provoca distúrbios no metabolismo e acelera a perda de colágeno, células responsáveis por dar sustentação e elasticidade à pele, favorecendo a flacidez. O ato de fumar provoca rugas ao redor dos lábios e ao redor dos olhos, já que o fumante fecha os olhos parcialmente para proteger os olhos da fumaça.

Exposição à poluição

Os gases nocivos encontrados no ar poluído formam uma película de toxinas que acaba sendo absorvida pela pele, aumentando as reações de oxidação e formação de radicais livres que agridem a pele. A oxidação é um processo natural que acontece no organismo, mas que envelhece as células. O excesso de poluição oxida as células tanto da pele como do organismo todo. Por isso, para evitar essa reação, é importante proteger a pele diariamente, aplicando protetor solar, hidratante e fazendo a higienização para eliminar as impurezas.

Beber pouca água

Um dos primeiros sinais da falta de água (desidratação) se dá na pele e nas mucosas. Entre as células, temos um líquido intersticial que ajuda na sustentação da pele, entre outras funções. A falta de ingestão de água deixa a pele flácida e sem viço. Há perda do turgor da pele, que demora a voltar ao seu estado natural, quando sofre uma distorção. Por exemplo, quando beliscamos a pele, ela logo deve voltar ao seu estado normal ao soltarmos. Se isso demora para acontecer, é sinal de que está desidratada e flácida. Além de deixar a pele hidratada e firme, beber água também favorece a excreção de toxinas, substâncias que prejudicam a pele. O recomendado é consumir pelo menos dois litros de água por dia.

Excesso de exposição solar

O excesso de exposição solar, e principalmente a falta de proteção solar, é a principal causadora do envelhecimento da pele e de câncer de pele. Para se ter uma ideia, a radiação solar é responsável por 80% do envelhecimento da pele exposta, principalmente nas peles mais brancas, que sofrem este processo precocemente. A radiação solar é um potente oxidante celular, penetra na pele e provoca alterações diretamente no DNA das células e, indiretamente, provoca reações químicas que alteram o DNA e as fibras colágenas e elásticas. Apesar de o nosso organismo ter mecanismos de defesa e ação antioxidante, nem sempre isso é o suficiente para evitar essas reações. O resultado é o que chamamos de fotoenvelhecimento. Aparecem então, manchas, sardas, flacidez, pele áspera, aumento das rugas e, em alguns casos, câncer de pele. O FPS, para o dia a dia, nunca deve ser menor que 30 para rosto, colo, pescoço e mãos (regiões da pele mais sensível) e 15 para o restante do corpo.

Consumo de açúcares e gordura

Em excesso, o açúcar é responsável por outro processo de envelhecimento celular chamado "glicação". O açúcar se liga às proteínas da pele, como o colágeno, provocando a rigidez destas proteínas. Assim ela perde a função de elasticidade, deixando a pele flácida e com rugas. Já a gordura em excesso fica acumulada no tecido subcutâneo de forma irregular, provocando gordura localizada e celulite.

Sedentarismo

A prática de atividades físicas traz muitos benefícios para o corpo e para a pele. Melhora a circulação sanguínea da pele, melhora o metabolismo do organismo (evitando o processo de glicação), combate o estresse e melhora a qualidade do sono. Além disso, combate a flacidez, a celulite e a gordura localizada.

Dispensar o hidratante

É necessário ter cuidados para proteger a pele das agressões externas, como o vento, o frio, a poluição e os raios solares. Um rosto bem hidratado apresenta uma boa elasticidade, já uma pele desidratada costuma apresentar mais flacidez e rugas. Com o envelhecimento, as glândulas sebáceas diminuem em número e tamanho, deixando a pele mais ressecada. O ressecamento superficial da pele causa alergias e coceira, diminui a elasticidade da pele e agrava as rugas. Portanto, além de beber líquidos, a pele terá benefícios extras se for hidratada com cremes e loções.

Diagnóstico e Exames

Buscando ajuda médica

As rugas propriamente ditas não são consideradas como doença, o seu surgimento faz parte de um processo natural do envelhecimento. A procura de um profissional, no entanto, ocorre quando o paciente sente a necessidade ou o desejo de protelar o surgimento das mesmas ou então, tratar as que já apareceram. Mas é uma modalidade de tratamento estético.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DESSA PUBLICIDADE ;)

Na consulta médica

Especialistas que podem diagnosticar e tratar rugas são:

  • Dermatologista
  • Cirurgião Plástico.

Estar preparado para a consulta pode facilitar o diagnóstico e otimizar o tempo. Dessa forma, você já pode chegar à consulta com algumas informações:

  • Uma lista com todos os sintomas e há quanto tempo eles apareceram
  • Histórico médico, incluindo outras condições que o paciente tenha e medicamentos ou suplementos que ele tome com regularidade
  • Se possível, peça para uma pessoa te acompanhar.

O médico provavelmente fará uma série de perguntas, tais como:

  • Que produtos você usa em sua pele?
  • Você usa protetor solar?
  • Você expôs sua pele ao sol excessivamente na juventude?
  • Você fuma ou já fumou?

Também é importante levar suas dúvidas para a consulta por escrito, começando pela mais importante. Isso garante que você conseguirá respostas para todas as perguntas relevantes antes da consulta acabar. Para rugas, algumas perguntas básicas incluem:

  • Que opções de tratamento eu tenho? Quais os prós e contras de cada uma delas?
  • Qual o preço desses tratamentos? O plano de saúde pode cobri-los?
  • Que resultados eu posso esperar?
  • Esses tratamentos precisam ser repetidos com frequência?

Não hesite em fazer outras perguntas, caso elas ocorram no momento da consulta.

Diagnóstico de Rugas

O diagnóstico das rugas é realizado pela clínica, ou seja, pela avaliação clínica. Embora ela seja aparentemente óbvia, o medico capacitado tem uma visão mais ampla sobre as rugas, ele vai considerar o paciente, tanto na parte preventiva ou terapêutica de algum tumor suspeito, classificar o tipo de pele, o grau de envelhecimento, as doenças associadas e colocar tudo num outro campo de grande importância: o fotoenvelhecimento global, aonde não se vê apenas a superfície, mas também o processo de envelhecimento e reposicionamento de bolsas de gordura, sustentação óssea, no caso, da face.

Para classificação e avaliação pré-tratamento da ruga propriamente dita, existem aparelhos interessantes fotográficos, inclusive em 3D, sistemas de escaneamento digitalizado, ultrassom e outros mais sofisticados geralmente utilizados em trabalhos científicos.

Tratamento e Cuidados

Tratamento de Rugas

Existem diversas possibilidades de tratamentos para rugas. Conheça as mais comuns:

Cremes anti-rugas

Existem três tipos de cremes contra as rugas: os cosméticos, os cosmecêuticos e os medicamentos. Enquanto os cosméticos apenas hidratam a pele, sem alterar a sua estrutura, os cosmecêuticos prometem penetrar mais na pele, sem os efeitos adversos que podem acontecer no uso de medicamentos. Eles são utilizados em pacientes com a pele sensível e têm como principais compostos o retinol, os chamados alfa-hidroxiacidos (glicólico e lático) e as vitaminas C e E.

Os ácidos presentes neles removem a camada morta da pele, o que permite que o produto penetre. A ação das substâncias promove um estímulo para produção de novas células. Com isso, aumenta a concentração de colágeno e elastina, proporcionando maior firmeza e elasticidade da pele, o que, por sua vez, atenua as rugas existentes e previne o aparecimento de novas.

As vitaminas C e E agem como antioxidantes na pele, assim como o chá verde, a idebenona e o café verde, substâncias que costumam aparecer nos cremes. Todas atuam contra os efeitos dos radicais livres, causados por exposição solar, tabaco e poluição.

Toxina butolínica

A toxina botulínica popularmente conhecida como botox é uma toxina produzida por uma bactéria chamada Clostridium botulinum. É a mesma bactéria causadora da doença botulismo, mas a toxina botulínica industrializada é purificada e usada em doses que não causam a doença.

Como promove o efeito tensor sob a pele, o uso estético da toxina botulínica se dá em geral, principalmente para suavizar rugas e linhas de expressão na região da face.

O botox para uso estético é indicado para suavizar as rugas e linhas de expressão do rosto. Entre as linhas tratadas estão as rugas da testa, a glabela (espaço entre as sobrancelhas) e, os pés de galinha, rugas que se formam na região dos olhos. Para sulcos ao redor dos lábios, entre eles o famoso bigode chinês - linha que se forma entre o nariz e o canto da boca - o mais recomendado é o preenchimento facial, pois é uma região de bastante movimento e traz resultados melhores.

Laser

Esse tratamento, em geral, estimula a produção de colágeno, dando aspecto renovado à pele. O mais indicado é usar lasers fracionados. Eles realizam micro-perfurações na pele que coagulam o colágeno natural, estimulando o crescimento de um novo colágeno, assim como mais elastina, para amenizar as rugas.

Para ser submetida ao laser, a pele não pode estar bronzeada, sob risco de sofrer marcas e manchas. Pacientes com doenças que pioram com a exposição à luz, como o lúpus eritematoso, também não devem se submeter a nenhum tratamento desse tipo.

Ácido retinoico

O ácido retinoico é uma substância derivada da vitamina A e um dos compostos mais estudados para tratamento tópico do envelhecimento da pele, seja o intrínseco, ou determinado geneticamente, seja o envelhecimento extrínseco, ou causado pela exposição solar. Uma avaliação recente da Cochrane revelou que, das opções médicas para o tratamento da pele fotoenvelhecida, os retinóides são das poucas substâncias com incontestável eficácia, por atuarem através de ligação a receptores nucleares específicos nas células da pele, e assim exercerem suas funções terapêuticas.

Peeling de diamante

O peeling de diamante é um peeling físico, ou seja, utiliza um equipamento próprio para esse fim para promover uma microesfoliação da pele. Entre os principais objetivos do procedimento estão a remoção das células mortas que ficam na camada mais superficial da pele e a estimulação à produção de colágeno.

A esfoliação promovida pelo peeling de diamante renova a camada celular da pele, e, segundo estudo da Universidade de Michigan, nos Estados Unidos, publicado em 2009 no periódico científico Archives of Dermatology, induz alterações celulares na pele que ajudam a rejuvenescê-la. O que acontece é que para alterar a aparência da pele, o procedimento estimula a produção de colágeno, a principal proteína responsável por dar forma, estrutura e sustentação à pele. Segundo os pesquisadores, quanto mais agressivo o método - sem, claro, destruir o tecido da pele - maior o estímulo à produção de colágeno.

Peeling de cristal

O peeling de cristal é uma dermoabrasão, ou seja, uma esfoliação realizada mecanicamente na pele com o objetivo de remover marcas e melhorar o aspecto da pele, tratando cravos, manchas, rugas e estrias corporais. O peeling de cristal também estimula o colágeno da pele, melhorando sua firmeza e é uma opção para peles com bronzeado manchado.

Preenchimento facial com ácido hialurônico

O preenchimento facial é um procedimento para embelezamento e reestruturação da pele envelhecida. O ácido hialurônico é uma das substâncias usadas para esta finalidade. Ele preenche rugas e sulcos, além de melhorar o contorno facial. Pode também ser utilizado para aumentar o volume dos lábios.

O ácido hialurônico preenche o espaço entre as células e, em função da sua capacidade de atrair água para o local em que foi aplicado, ele melhora não só as rugas como também a hidratação da pele.

Eletrolifting

O eletrolifting é uma técnica criada por um dermatologista francês que consiste na correção flacidez do rosto (efeito lifting) através do estímulo elétrico, com corrente galvânica. Geralmente se utiliza ou uma corrente galvânica ou até a própria radiofrequência associada a uma caneta específica, que é utilizada em estrias, rugas e marcas de expressão. Porém, alguns especialistas consideram esse tratamento menos eficaz para esses objetivos.

O eletrolifting é indicado para o tratamento de estrias, rugas e marcas de expressão, pois estimula a produção de novas fibras que preenchem essas falhas na pele por meio de eletricidade. Com o aumento da circulação e nutrição da área, há também um aumento de colágeno e elasticidade da pele na região aplicada.

Pode ser feito na face para linhas de expressão, sulcos naso-labial, rugas entre sobrancelhas e na região da testa. Também atua no envelhecimento da pele.

Ginástica facial

A ginástica facial vai além de fazer caretas em frente ao espelho. Os exercícios não fazem milagres na pele, mas, certamente, atenuam as marcas mais profundas.

O trabalho feito visa a tonificar a musculatura da face, que está abaixo das camadas de pele desta região. Ao fazer o exercício adequado, as fibras musculares ficam mais vascularizadas e o sangue leva oxigênio. Isso tonifica o músculo e o deixa encorpado. Com a tonificação muscular e a oxigenação, a pele ficará com aspecto mais jovial.

Prevenção

Prevenção

As rugas não podem ser evitadas, mas é possível adiar seu aparecimento e prevenir o envelhecimento precoce da pele com alguns hábitos:

  • Usar de protetor solar com FPS igual ou maior do que 30
  • Parar de fumar
  • Hidratar a pele diariamente
  • Ter uma alimentação balanceada, rica em alimentos de origem vegetais e bem coloridos, e com pouco consumo de gorduras saturadas e açúcares
  • Beber bastante água.

Fontes e referências

  • Revisado por Bhertha Tamura, dermatologista e membro da Comissão Científica da Sociedade Brasileira de Dermatologia – CRM-SP 67946 Daniela Taniguchi, dermatologista e especialista pela Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD) – CRM-SP 94.679
  • Vanessa Metz, dermatologista e membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD) – CRM-S
  • Mayo Clinic
PUBLICIDADE
Este conteúdo ajudou você?
Sim Não