8 fases que todo mundo vive após o fim de um relacionamento

Chorar no chuveiro, achar que está tudo bem e perceber que não está, ficar com raiva. A gente sabe que é sempre assim

POR AMANDA CRUZ - PUBLICADO EM 16/03/2017

1. "Está tudo bem, estou ótimo"

Seguido por: "foi melhor assim" e "não estava dando certo mesmo". Ainda não caiu a ficha e você não sente o impacto da perda da pessoa que acaba de sair da sua vida. Existe ainda quem acredite que seja apenas uma fase ruim e que tudo voltará ao normal depois que passar o nervosismo.

PUBLICIDADE

2. Dias de fúria

Fase de alerta! É aquele momento em que você começa a culpar a outra pessoa por todos os problemas do mundo. Coisas que podem acontecer: você vai querer jogar fora/queimar tudo o que faz lembrar o outro, vai ficar pendurado no telefone com os amigos falando mal do ex e até pode acabar ligando para o dito cujo exigindo explicações para o término.

3. Conhecendo o fundo do poço

É isso, não adianta mais espernear de raiva, acabou. Sua cabeça finalmente processa que a relação chegou, de fato, ao fim. E você sofre, sofre muito por isso. "Vai surgir um desânimo profundo e penoso, perda de interesse no mundo externo e na capacidade de amar, diminuição da autoestima", explica a psicóloga. Esse é o momento de se permitir chorar, a gente não tem que ser forte o tempo todo e têm momentos que as coisas transbordam.


4. Vocês se encontram sem querer e fica aquele climão

É a primeira vez que vocês se veem após o término. Como agir? O que falar? Se a outra pessoa estiver acompanhada então, a situação piora muito. Esse período também escancara que vocês têm amigos em comum demais e inevitavelmente vão se encontrar vez ou outra.

5. Você descobre que o fundo do poço tem subsolo

O que estava ruim piora mais um pouquinho. Parece que a sua cabeça apaga todos os momentos ruins que vocês tiveram e começa a reproduzir como um filme apenas os dias maravilhosos vividos juntos. O sorriso e o cheiro da outra pessoa, as brincadeiras que só vocês entendiam, você sente muita falta de tudo. "Esse processo pode representar um convite para nos repensarmos amplamente, reinvestirmos nossa energia e olharmos de forma diferente para nós mesmos", recomenda Anna.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DESSA PUBLICIDADE ;)

6. Em um relacionamento sério com a noite

Você já negou, reclamou e chorou muito. Chega de sofrer, você acaba de entrar na fase da curtição. É hora de perceber que está solteiro. S-O-L-T-E-I-R-O. Agora os convites dos amigos para sair começam a fazer mais sentido e atraem a sua atenção. Você até consegue se divertir! Também passa a reparar que existem outras pessoas no mundo com quem pode viver momentos legais. Vida que segue.

7. Celular com trava de bafômetro

Entre tantas festas, você pode acabar exagerando nas bebidas e aí já viu. Por mais que esteja bem com o fim da relação, o álcool pode fazer com que você ligue para o ex e acabe falando coisas sem sentido e que não condizem com a sua realidade. Para evitar esses incidentes, controle com cuidado o quanto irá beber.

8. Pronto para recomeçar

Lembra que lá no início do término você achou que nunca fosse superar tudo o que estava acontecendo? Pois é, você conseguiu! "Felizmente, a irreversibilidade desse período é apenas uma sensação e a dor passa. O tempo vai passando e, um dia, o período difícil ficou para trás", lembra Anna. Sim, o tempo, ele cura (quase) tudo. Com as feridas cicatrizadas, você está pronto para se entregar ao amor de uma forma saudável e plena.