5 sintomas de que você está reprimindo suas emoções

Sua saúde física e psicológica pode ser afetada por não conseguir soltar as emoções

POR AMANDA CRUZ - PUBLICADO EM 19/05/2017

Nosso corpo manifesta suas necessidades a partir de sensações. Por exemplo, quando gastamos muita energia, o alerta que ele dá para pararmos é pelo cansaço. Ou quando ficamos muito tempo sem comer, começamos a sentir fome e esse é o alerta de que está na hora de nos alimentarmos, caso contrário pode acontecer de manifestarmos sintomas como fraqueza, dor de cabeça mal-estar e tantos outros problemas.

PUBLICIDADE

Nosso emocional também manifesta suas necessidades por meio de sentimentos, como tristeza, alegria, raiva, tranquilidade e revolta. Quando não damos atenção às suas necessidades, nossa saúde física e psicológica é afetada.

Todos nós já passamos por momentos em que tivemos que esconder nossas emoções. O problema é quando isso se torna regra. "Para algumas pessoas é difícil expressar o que estão sentindo, principalmente quando se trata de emoções e sentimentos considerados ruins, pois imaginam que a exposição destes pode acarretar em consequências negativas", conta a psicóloga Ghina Machado.


Geralmente os sentimentos são sufocados com a intenção de evitar conflitos e numa tentativa de mostrar que está tudo bem. Mas pode acontecer de as coisas saírem do controle. "O problema merece atenção quando interfere no bem-estar da pessoa que está se reprimindo e quando interfere de forma negativa nas suas relações. Além disso, pode ser prejudicial de forma a contribuir para o desenvolvimento de doenças físicas e transtornos mentais", destaca a especialista.

A psicóloga Marilene Kehdi destaca ainda que essa repressão de sentimentos pode, inclusive, "alterar negativamente toda a fisiologia e funcionamento dos órgãos, fragilizando o estado imunológico e prejudicando a concentração e a atenção". Abaixo, veja outros sintomas que podem indicar que você está guardando demais os seus sentimentos, de acordo com a psicóloga Ghina:


NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DESSA PUBLICIDADE ;)

1. Lapsos de memória

O estado emocional diante de alguma situação pode afetar a capacidade de memorizar alguns detalhes, ajudando a lembrar melhor desse evento ou, justamente o contrário, inibindo algumas lembranças.

2. Fadiga mental

Considerando que a fadiga mental corresponde a uma falta de energia acompanhada de tensão mental ou estresse, suprimir sentimentos pode provocar fadiga mental sim. Esse problema também pode ser decorrente de outras questões psicológicas, como ansiedade, estresse, depressão e sentimento de culpa.

3. Insônia

A insônia está relacionada à dificuldade em se desapegar do controle consciente e, partindo desse princípio, os pensamentos, preocupações e sentimentos mal resolvidos contribuem para manter o estágio de vigília, atrapalhando o sono.

4. Pressão alta

Nossas emoções estão diretamente relacionadas à atividade fisiológica. Reprimir emoções pode gerar estresse, o que acarreta em maior taxa de atividade cardiovascular, podendo impactar diretamente na pressão arterial.

5. Ganho de peso

A maneira como nos alimentamos está muito ligada às questões emocionais. Se existe dificuldade em lidar com alguns sentimentos, ingerir alimentos em excesso pode ser uma forma de compensar tal dificuldade, buscando prazer por meio da comida, o que pode acarretar em ganho de peso.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DESSA PUBLICIDADE ;)