PUBLICIDADE

7 coisas que os psicólogos fazem quando estão tristes

Psicólogos também são seres humanos, e lidam com a tristeza da mesma forma que nós lidamos no dia a dia

É comum que exista um equívoco acerca dos profissionais da psicologia. Nós, de modo geral, acreditamos que os estudiosos da mente são capazes de lidar com todos os seus problemas. No entanto, assim como você e eu, eles também têm suas questões, e nem sempre sabem lidar com elas.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Mas como será que esses profissionais lidam com suas emoções? Eles respondem a seguir:

1. Escutam música

Para a psicóloga Cristina da Fonseca, que também é especialista em transtorno de ansiedade, uma das melhores atitudes para enfrentar a tristeza é focar-se na música. "Escuto gêneros como o Indie Folk e Indie Rock, porque eles têm sonoridade calma. Esse estilo de música estimula o relaxamento", afirma a especialista. Ela ainda recomenda um canal no Youtube chamado "Sleep Music Channel", que é uma ótima dica na busca da tranquilidade frente à momentos complicados.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

2. Leem um livro

Para Ted Feder, psicólogo e sócio da Carevolution, ler um livro ajuda a mente a focar em assuntos variados, nos distraindo dos problemas que geram a tristeza. A psicóloga Cristina da Fonseca, diz que sempre carrega consigo um exemplar de um livro que goste, pois desta forma, ela estará sempre pronta para enfrentar as adversidades do dia a dia. Além disso, para a especialista, é importante que a leitura seja feita em um local tranquilo, para que o conteúdo do livro possa ser melhor apreciado, espantando de vez a tristeza.

3. Brincam com os animais de estimação

A psicóloga Sharon Feder, sócia da Carevolution, diz que quando está se sentindo triste, redobra o carinho com a sua cachorrinha Sophie. "Li alguns estudos que comprovam o quanto interagir com nossos pets elevam a sensação de bem-estar. Portanto, sempre que tenho a Sophie por perto, busca garantir risadas e a troca de carinho", explica a especialista em entrevista ao Minha Vida.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

4. Fazem exercícios fìsicos

Cristina diz que praticar exercícios na academia é essencial para ela: "Sinto que esta é a melhor forma de distração e relaxamento", explica. E não é para menos: A psicóloga explica que realizar atividades físicas libera endorfinas e outras substâncias no corpo que proporcionam o bem-estar. "Além de afastar a tristeza, movimentar-se também auxilia na redução do estresse e das emoções negativas", afirma Sharon Feder.

5. Assistem filmes e programas de televisão

Para a psicóloga Cristina da Fonseca, quando os dias se tornam tristes, assistir filmes é indispensável, especialmente se forem de comédia. "O importante é buscar distração com aquilo que nos faz bem. Ocupar a cabeça é fundamental para evitarmos a preocupação constante", diz a psicóloga. Documentários e programas de entretenimento também são boas alternativas. Neste quesito, Ted Feder tem preferência por programas de esportes, especialmente se forem sobre futebol. E quem não gosta de assistir séries no Netflix debaixo das cobertas em dias em que não estamos tão animados? Para Sharon, esta é uma ótima forma de driblar a melancolia.

6. Saem com amigos

A companhia de pessoas que amamos é essencial para conseguirmos passar por momentos que nos deixam para baixo. Para Cristina da Fonseca, conversar sobre assuntos agradáveis, dar risadas, e estar na companhia de pessoas que tenham alto astral, é uma valiosa ferramenta para escapar da tristeza. "O diálogo muitas vezes nos abre novas perspectivas", acrescenta Ted Feder.

7. Focam na autoestima

Ted Feder e Sharon Feder cultivam o amor próprio para ficarem menos tristes. Ted, por exemplo, foca em cuidar de sua aparência. "Faço a barba, corto o meu cabelo. Adoto essas medidas para aumentar minha autoestima, e me sentir melhor comigo mesmo", explica o especialista. Uma boa alternativa para Sharon na hora de afastar a tristeza é ir às compras. "Me presentear com pequenos mimos faz com que eu me sinta mais alegre", conclui a psicóloga.