Como lidar com acerto das contas no namoro?

O pagamento das despesas não precisa ser sinônimo de desconforto

POR LAURA TAVARES - ATUALIZADO EM 14/07/2016

Todo mundo já teve dúvidas de como agir com o namorado ou com a namorada, quando o assunto é dinheiro. É comum fazer questionamentos como: deixo meu companheiro(a) pagar o jantar? Insisto em dividir não importa o programa escolhido? Exijo que contribua mais em casa já que estamos "quase" morando juntos?

Embora não haja regra, psicólogos especializados em terapia de casal dão dicas de como lidar com algumas situações corriqueiras para que o acerto de contas não se torne um momento constrangedor para o casal ou, pior ainda, sirva de motivo para brigas maiores. A seguir, você descobre como fazer as contas sem prejudicar a relação:

Conflito: eu sempre dou presentes mais caros

Solução: relacionamento não é uma transação financeira. Portanto, presentear deve ser um ato compensado somente pela felicidade do parceiro. O problema, como analisa o psicólogo Antonio Carlos Alves de Araújo, é que a sociedade capitalista em que vivemos nos condicionou a criar grandes expectativas de retorno. Uma alternativa é estipular um valor aproximado para o presente. "Por outro lado, isso pode quebrar a magia da surpresa", diz a psicóloga Margarete Volpi, fundadora do Instituto Volpi & Pasini.