publicidade

Metade das pessoas com hepatite C desconhece a doença

Transmitida através do sangue, ela pode se tornar crônica se não tratada

Por Minha Vida - publicado em 29/09/2011


Metade das pessoas com hepatite C não sabem que têm a doença, diz um levantamento feito pelo Instituto Datafolha, pelo Ministério da Saúde e pela Organização Mundial da Saúde. Segundo a pesquisa, a falta de conhecimento sobre a doença e o hábito de visitar pouco o médico são os principais fatores que explicam esse número.

A hepatite C é o tipo mais comum da doença e sua transmissão se dá com compartilhamento de objetos cortantes, escovas de dente, transfusões de sangue e contato com cortes e ferimentos de pessoas infectadas. Transmissão por via sexual também ocorre, mas é mais raro. O tratamento é feito à base de medicamentos e pode curar a pessoa, mesmo quando a doença apresenta fases mais crônicas. 

Dos vários tipos de hepatite, o C é considerado o mais preocupante, pois 80% dos casos evoluem para a fase crônica. No caso da hepatite B, menos de 10% dos casos passam a ser crônicos e, na hepatite A, quase a totalidade é curada espontaneamente. De 2009 para 2010, houve um aumento de 4,7% das mortes por hepatites no país. Em 2010, as três hepatites provocaram 2.518 mortes, de acordo com o boletim.

Segundo o estudo, a doença atinge dois milhões brasileiros, mas apenas metade desse número é diagnosticada, já que os portadores só descobrem que estão com hepatite C quando ela está em sua fase avançada.

Para os especialistas, as pessoas devem ficar mais atentas a dores abominais, cansaço e pele amarelada, principais sintomas da doença. Pessoas que foram expostas a fatores de risco, como transfusão de sangue antes de 1993, relações sexuais desprotegidas ou exposição a seringas, alicates ou agulhas compartilhadas, devem fazer o exame de sangue o mais rapidamente possível. 

Exame e prevenção

Uma das medidas mais importantes para o controle da hepatite é a vacinação. O Ministério da Saúde libera a vacina para todas as pessoas menores de 24 anos ou para maiores dessa idade que façam parte de algum dos grupos de risco: pessoas que têm mais chance de adquirir a doença, como profissionais que exerçam atividades na área da saúde, indivíduos que tenham contato sexual com parceiros que possuem casos agudos de Hepatite B não vacinados, pessoas que residam na mesma casa de um portador crônico do vírus da Hepatite B, vítimas de abuso sexual (não vacinadas contra a hepatite), pessoas que realizam ou estão no aguardo para fazer sessões de hemodiálise, portadores soropositivos (HIV+) ou com o seu sistema imunológico comprometido, podólogos, profissionais do sexo, população carcerária (profissionais e presidiários), doadores regulares de sangue, profissionais que coletam lixos hospitalar e domiciliar, entre outras.  

As pessoas com idade acima de 20 anos que não fazem parte desses grupos citados anteriormente não têm direito de receber a vacina gratuitamente nos serviços de saúde pública. Mas, se tiverem condições financeiras para pagar, podem recebê-la em consultórios e em clínicas particulares. A vacina completa inclui a administração de três doses, em datas diferentes.

Diante da relevância da doença, é importante destacar que, se você tem até 20 anos de idade ou se está entre um dos grupos citados acima e ainda não recebeu a vacina, a procura pela Unidade de Saúde mais próxima de sua residência é fundamental.  



Não deixe de consultar o seu médico. Encontre aqui médicos indicados por outras pessoas.
Este conteúdo ajudou você? Já ajudou você e + 1254 pessoa(s) Já avaliou

Imprima

Erro

erro

Comente

Compartilhe

Mais sobre:

Shopping Vida Saudável

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Copyright 2006/2014 Minha Vida - Todos os direitos reservados

"As informações e sugestões contidas neste site têm caráter meramente informativo. Elas não substituem o aconselhamento e o acompanhamento de médicos, nutricionistas, psicólogos, profissionais de educação física e outros especialistas."


Você está usando uma versão antiga do seu navegador :( Para obter uma melhor experiência, atualize agora!
X