Como usar o protetor solar para proteger a pele?

Escolher o FPS certo previne câncer de pele, queimaduras e manchas

POR LETÍCIA GONÇALVES - ATUALIZADO EM 17/12/2014

Muita gente dispensa o protetor solar no dia a dia sem saber a importância que tem e deixa apenas para usá-lo quando está na praia ou na piscina sob o calor escaldante. A verdade é que o produto atua como uma verdadeira barreira de proteção. Um bom protetor solar é capaz de prevenir a queimadura causada pelo sol quando há exposição em excesso. Seus outros benefícios são colhidos pelo uso diário, mesmo em dias nublados. Ele é capaz de prevenir o aparecimento de manchas, o escurecimento das sardas, o envelhecimento da pele (rugas e flacidez) e, o mais importante de tudo, é único na prevenção do câncer de pele. "Esses efeitos só ocorrem, porém, quando a pessoa sabe usar o produto corretamente", diz o dermatologista Anderson Bertolini, de São Paulo. Descubra no quiz quais são esses cuidados e aproveite o verão com saúde.

1/8

Uma pessoa que não protegeu a pele quando era criança:

2/8

A diferença entre um FPS 60 e um FPS 30:

3/8

É preciso passar protetor no inverno?

4/8

Uma pessoa que está bronzeada:

5/8

Se a exposição ao sol pode causar câncer, o melhor é não tomar sol?

6/8

Se eu estiver embaixo do guarda-sol há risco de me queimar?

7/8

O protetor solar precisa ser repassado?

8/8

Um protetor com FPS garante proteção segura?

Não deixe de consultar o seu médico. Encontre aqui médicos indicados por outras pessoas.