PUBLICIDADE

Ultrashape reduz até 6 cm nas suas medidas, sem cortes

Novo aparelho israelense cai nas graças de famosas, como Xuxa

Descubra o poder de um sorriso.
Participe da newsletter

Preencha os campos* abaixo.
X

*Ao concluir, você concorda com a nossa Política de Privacidade e aceita receber novidades do Minha Vida e seus parceiros.

Cadastro efetuado com sucesso!

Não adianta negar. Quase toda mulher, por mais que exiba um corpo de belas formas, sempre deseja tirar uma gordurinha aqui ou afinar os malfadados culotes ali. Mas são poucas as que tem coragem de encarar uma sala de cirurgia, com anestesia e as dores pós-operatórias.

È por isso que um aparelho israelense está causando frisson nas clínicas de tratamentos estéticos. Trata-se do ultrashape, que dispensa cortes e picadas e é um dos

responsáveis por afinar a silhueta da apresentadora Xuxa, que exibe orgulhosa seus 10 quilos a menos na balança, após um mês de dieta, caminhadas e sessões com o equipamento uma vez por mês. (dicas de beleza deixam você linda o ano todo)
Cada indivíduo tem a sua predisposição particular para armazenar gordura corporal, que pode aparecer mais cedo ou mais

tarde mesmo com a prática de exercícios e uma dieta saudável, explica o cirurgião plástico André Maranhão, do Rio de Janeiro, membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (encontre uma dieta perfeita para suas necessidades)

Mas qual o segredo dessa nova tecnologia que faz os olhinhos da ala feminina brilharem? Por meio de ondas sonoras de alta potência e baixa freqüência, semelhante àquelas utilizadas para destruir pedras nos rins, ela destrói as células de gordura em micropedaços. Esses fragmentos das células de gordura, primariamente compostos de triglicérides, são dispersados pela corrente sangüínea e pelo sistema linfático até chegar ao fígado, onde se transformam em colesterol e energia para o organismo. (entenda a diferenças entre as boas e más gorduras)

Até agora, pesquisas não indicaram um aumento substantivo nos níveis de colesterol e triglicérides entre os pacientes submetidos ao Ultrashape. Isso porque a quantidade de gordura retirada pela nova técnica,a cada sessão, é pequena. É por esse motivo também que as aplicações precisam ser repetidas em intervalos de um mês o tempo necessário para que o organismo se livre da gordura destruída pelas ondas de ultra-som. A contra-indicação principal é para os pacientes que sofrem de disfunções hepáticas.



De acordo com o fabricante, o Ultrashape reduz uma média de 1,5 a 2 centímetros das medidas por sessão, o que equivale diminuir de 4 a 5 mm de espessura do tecido gorduroso em uma única vez. A áreas indicadas para o procedimento com Ultrashape são abdômen, cintura, culotes e as coxas. (encontre exercícios localizados para cada região do seu corpo)

O aparelho não é indicado para reduzir a gordura do rosto, pescoço e braços porque o cabeçote do aparelho é muito largo e não atinge a área com precisão. Apesar de ser pouca, o corpo também sofre agressão com o aparelho. Os primeiros resultados aparecem depois da terceira semana e , mesmo assim, as moçoilas não estão livres dos exercícios físicos e da dieta balanceada. O preço também é salgado. Cada sessão dura cerca de uma hora e meia e os preços variam de 1.200 a 2.000 reais.



Até que ponto você chegaria para ter o corpo dos seus sonhos?