PUBLICIDADE

Queda de cabelo na pandemia: veja a melhor forma de cuidar dos fios

Estresse, cansaço e ansiedade são alguns fatores que se intensificaram na pandemia e interferem diretamente na saúde capilar

Descubra o poder de um sorriso.
Participe da newsletter

Preencha os campos* abaixo.
X

*Ao concluir, você concorda com a nossa Política de Privacidade e aceita receber novidades do Minha Vida e seus parceiros.

Cadastro efetuado com sucesso!

Notar que os fios estão caindo com mais frequência e facilidade se tornou comum durante a pandemia. Médicos acreditam que o estresse físico e emocional provocado pela COVID-19 possa ser um dos responsáveis pela queda de cabelo reversível, o eflúvio telógeno. O esforço do organismo ao lidar com a infecção e com as consequências do desenvolvimento da doença, podem provocar um desabastecimento de nutrientes dos folículos capilares, o que faz com que o cabelo passe da fase de crescimento para a de queda, caracterizando o eflúvio telógeno.

Além disso, a pandemia mudou significativamente o cotidiano de milhares de pessoas, tornando-se um fator primordial para afetar a saúde capilar de grande parte da população. Entenda melhor como essa queda capilar acontece.

Por que meu cabelo está caindo?

Os cabelos seguem um ciclo de vida que acontece em três fases, sendo elas anágena, catágena e telógena. Ou seja, o fio respectivamente cresce, repousa e cai. No couro cabeludo sempre terá fios passando por diversas fases.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Para entender melhor, a fase anágena é considerada aquela em que o fio nasce e cresce. Esse período pode variar de acordo com a genética de cada um, mas dura - em média - de dois a oito anos. Já a fase catágena é de descanso, momento de regressão em que os fios param de crescer. Enquanto isso, a fase telógena acontece quando os fios estão prontos para cair, tendo em média de dois a quatro meses de duração.

Em casos de doenças, eventos estressantes, emagrecimento rápido, cirurgias, mudanças de hábitos e questões genéticas ou autoimunes, a fase telógena pode ser antecipada, interrompendo ou prejudicando o crescimento dos fios, resultando na queda de cabelo. Por isso, nessas situações, o cabelo costuma ficar mais ralo e frágil.

Pensando nisso, não é muito difícil associar a queda capilar com a COVID-19. Muitos dermatologistas têm observado uma queda de cabelos aguda nos pacientes, e muito se deve ao estresse e grande ansiedade provocados pela pandemia, ou por ter passado pela doença. Atentar-se a essas alterações é primordial para dar o primeiro passo na hora de buscar tratamento, sempre com orientação médica.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Embora o eflúvio telógeno geralmente não permaneça por mais de seis meses, há soluções cosméticas que podem colaborar e estimular o crescimento capilar.

Como cuidar do cabelo na pandemia

A saúde do nosso cabelo é um reflexo daquilo que sentimos, fazemos e comemos. A alimentação, portanto, é um dos pilares da boa saúde dos fios, e pode ajudar no tratamento da queda de cabelo. Uma dieta rica em nutrientes, como proteínas, ferro, ômega-3, zinco, selênio e biotina, são importantes para combater esse tipo de queda de cabelo.

O controle do estresse emocional também é essencial para a saúde capilar. Por isso, encontre uma prática relaxante que mais combina com você, pode ser meditação, yoga ou algum esporte, e intensifique o autocuidado.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Outra medida importante é usar produtos específicos para a fase de fragilidade do seu cabelo. Se ele está fino e quebradiço, fortaleça-o. O Anti-Hair Loss Sérum de Nioxin, por exemplo, tem uma tecnologia que proporciona engrossamento dos fios já no primeiro uso, levando à redução da queda de cabelos em 20% dentro de oito semanas. Além de possuir fórmula exclusiva que combina SandaloreTM, com Cafeína, Ácido Láurico e Niacinamida, que impactam positivamente no ciclo de crescimento capilar.

Isso porque a cafeína é um excelente antioxidante, que auxilia na manutenção da barreira da pele, ajudando a aumentar a microcirculação sanguínea do couro cabeludo, que facilita a chegada dos nutrientes à raiz dos fios. O ácido láurico também é um composto que merece atenção especial pois, em combinação com a cafeína, é um ácido graxo que protege a raiz do cabelo.

Nioxin traz tratamentos diferenciados para reduzir a queda de cabelo e ainda deixa o couro cabeludo e os fios mais espessos e fortes. Além disso, a marca tem sistemas personalizados para as necessidades de cada tipo de cabelo, como naturais, coloridos e quimicamente tratados.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Cuide do seu couro cabeludo: O cuidado com o cabelo deve começar pela raiz, portanto, ter uma rotina de tratamento capilar também é fundamental para recuperar a saúde dos fios. Confira alguns cuidados que são essenciais para manter o couro cabeludo saudável e evitar queda capilar.

Atente-se à lavagem: a lavagem é um passo importante tanto para remover impurezas como para fornecer nutrientes essenciais para os fios. Os sistemas de Nioxin, marca profissional nº 1 contra o afinamento capilar, devem ser aplicados no couro cabeludo, ou seja, tanto o shampoo, condicionador ou leave-in devem alcançar a raiz dos fios.

A marca possui um sistema de três passos para tratar os fios, que engloba limpeza, equilíbrio da hidratação e tratamento.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

O papel da limpeza, por exemplo, é melhorar as condições do couro cabeludo e remover as impurezas dos fios - como o excesso de oleosidade - que podem obstruir os folículos capilares. O resultado, portanto, são fios com mais potencial de crescimento.

Já a hidratação protege a densidade do cabelo e também ajuda a promover resistência dos fios, considerando que fios desidratados tendem a quebrar mais.

O terceiro passo do sistema de Nioxin é o tratamento. Por meio dele, o couro cabeludo e os fios recebem nutrientes adequados e, inclusive, se tornam mais encorpados, finalizando o ciclo de cuidado com os cabelos.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Cuidado com as fontes de calor: Vai utilizar secador e chapinha? Então não se esqueça de usar um protetor térmico para proteger o comprimento dos cabelos e mantenha o secador a uma distância mínima de 20 centímetros da raiz. Quanto à chapinha, mantenha a distância de cerca de um centímetro e meio do couro cabeludo.

Nada de massagem com as unhas: Quando for massagear o couro cabeludo, seja com o shampoo ou com algum produto de tratamento, utilize somente a ponta dos dedos em movimentos circulares, não use as unhas. Pequenas feridas no couro cabeludo são a porta de entrada para infecções que irão fragilizar os fios.

Cuide do couro cabeludo enquanto dorme: Evite dormir de cabelo molhado, pois isso pode favorecer a proliferação de fungos e bactérias no couro cabeludo, e use um produto de tratamento noturno. O Nioxin Night Density Rescue, por exemplo, é um sérum antiqueda que contém um poderoso blend de antioxidantes conhecidos por neutralizar os radicais livres do couro cabeludo, reduzindo a queda de cabelo associada à oxidação da região. Sua tecnologia ainda estimula o aumento da densidade capilar.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

O produto adiciona força aos fios e ao couro cabeludo que, revigorado, oferece todo o seu potencial. O produto é adequado para todos os tipos de cabelo.