PUBLICIDADE

Dia dos namorados: 5 mensagens para refletir ou mandar para seu amor

A data pode ser uma oportunidade para refletir sobre o amor e a importância dele em nossas vidas, esteja você comprometido ou solteiro

O amor é um sentimento multifacetado. Ao mesmo tempo que estar com alguém pode nos dar a sensação de que somos imbatíveis, afastar-se de quem amamos acaba trazendo nossos vazios e fragilidades à tona. Entretanto, independente das consequências dos relacionamentos serem positivas ou negativas, é possível extrair grandes aprendizados de nossas jornadas amorosas.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Estando com alguém ou não, a convivência com o próximo nos faz ter descobertas sobre nós mesmos, e modifica a nossa forma de enxergar o mundo. Pensando nisso, separamos cinco frases para você refletir sobre o amor no dia dos namorados. O intuito é que seja possível ressignificar pensamentos prejudiciais, e potencializar crenças benéficas. Veja a seguir:

1. Lutar pelo amor é bom, mas alcançá-lo sem luta é melhor. (William Shakespeare)

Quando precisamos nos esforçar em excesso para manter alguém conosco, é necessário refletir sobre nossas motivações. De acordo com o psicólogo Alexandre Bez, a falta de autoestima é um dos principais fatores que nos levam a querer insistir em uma relação difícil.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Cada um de nós é motivado por crenças diferentes, entretanto, precisamos nutrir o nosso autoconhecimento para diferenciar o que precisamos do que queremos. É importante não esquecer de priorizar a reciprocidade em nossas vidas, pois todos somos merecedores da felicidade.

2. Amar não é aceitar tudo. Aliás: onde tudo é aceito, desconfio que há falta de amor. (Vladmirir Maiasbóuski)

Segundo o psicólogo, o relacionamento deve ser sempre uma dualidade, e nunca uma imposição. Balancear as nossas próprias demandas com os desejos do próximo é uma forma de manter o equilíbrio na relação, e garantir que cada um tenha sua individualidade.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Alexandre indica que podemos abrir mão de algumas coisas, mas estas concessões nunca devem trazer sofrimento ou constrangimento. Respeitar a si mesmo deve ser um norte para todas nossas decisões.

3. Amar não é olhar um para o outro, é olhar juntos na mesma direção. (Antoine de Saint-Exupéry)

Compartilhar objetivos em comum com quem amamos é importante, e não precisamos abrir mão disso. Segundo Alexandre, metas semelhantes nos fazem nos identificar com quem estamos, característica importante para as relações.

"Respeitando a si e o próximo é possível alcançar isso", afirma o psicólogo. Quando não caminhamos juntos na mesma direção, corremos o risco de optar por caminhos que não representem o que somos e queremos.

4. Amor não é aquilo que queremos sentir, e sim aquilo que sentimos sem querer. (Anônimo)

Todos nós podemos ter medo da solidão. Entretanto, é importante lidar com ela, ressignificando o sentido de estar sozinho. Quando não aproveitamos a nossa própria companhia, corremos o risco de buscar pessoas que preencham nossos vazios.

Segundo Alexandre Bez, os relacionamentos devem acontecer naturalmente, sendo motivados por sentimentos positivos, e nunca por medos. "Uma forma de identificar se estamos buscando alguém por amor ou carência, é estando atento às sensações que temos a dois", explica o especialista.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Não estar satisfeito ou sentir pouco prazer pode ser um sinal de que está na hora de refletir sobre nossas motivações.

5. O amor é a força mais sutil do mundo. (Mahatma Gandhi)

Todos nós temos uma força interna para enfrentar os desafios do dia a dia. Essa energia é originada por nossas experiências de vida, e pelos problemas que superamos ao decorrer de nossa jornada. Entretanto, segundo Alexandre, o amor passional é um estímulo extra.

"Amar alguém nos dá mais um motivo para viver e seguir nossos sonhos da melhor maneira possível", conclui o psicólogo.