PUBLICIDADE

Crossfit vaginal e yoga para o pênis: para que servem?

Exercícios trazem maior controle sob o próprio prazer, além de mudarem a nossa forma de transar

Quando pensamos em práticas como o crossfit ou a yoga, automaticamente nos vêm à cabeça grandes esforços físicos e psicológicos (e nada a ver com sexo). Entretanto, as técnicas não estão limitadas a aumentar a massa muscular e "aquietar" a mente.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

De acordo com a sexóloga Carla Cecarello, é possível incorporar as modalidades nas partes íntimas, para aumentar ou intensificar os orgasmos, o tempo de transa e os níveis de prazer.

Benefícios do crossfit vaginal

Carla explica que o autoconhecimento corporal é um dos principais benefícios do "crossfit íntimo". Isso porque, para movimentar os músculos vaginais, é necessário que a mulher estimule a conscientização e percepção do próprio corpo.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Aumenta o prazer

Conhecendo melhor a própria vagina, os níveis de prazer são expandidos. Além disso, o crossfit de pepeca fortalece a musculatura da região pélvica, que vai ficando enfraquecida com a chegada da idade.

A mulher também ganha um maior controle sobre as contrações da vagina, já que o cérebro memoriza o treino e começa a ganhar mais independência sobre a região íntima.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Ajuda no parto

Até as mulheres grávidas podem se beneficiar. "Gestantes que estimulam o músculo da vagina possuem maior facilidade no parto, conseguindo expelir o bebê mais rápido", diz a especialista.

Exercícios de crossfit vaginal

Para dar certo, é necessário realizar os exercícios em uma frequência fixa. "É igual ir para uma academia. Precisamos frequentar sempre para fortalecer os músculos", explica Carla. Não é obrigatório realizar todos os dias, mas praticar pelo menos duas vezes por semana é importante.

Os exercícios são rápidos e com bastante repetições. Veja um exemplo do que você pode fazer em casa:

1. Contração e relaxamento

Contraia e relaxe toda a sua musculatura vaginal. "É como se você estivesse segurando e soltando o xixi", ilustra. Faça isso de forma rápida e repetida. Isso irá fortalecer a vagina, e pode até prevenir doenças como bexiga flácida e incontinência urinária.

"Mulheres que nunca tiveram um orgasmo podem se beneficiar da prática, pois elas terão a oportunidade de construir uma boa percepção corporal", aponta a sexóloga.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Você pode ir aumentando a intensidade e as repetições conforme for sentindo melhorias, para potencializar os benefícios.

Riscos

Antes de iniciar os exercícios, é imprescindível verificar se sua vagina irá suportar grandes esforços. Segundo a sexóloga, algumas condições de saúde podem tornar a prática prejudicial, como:

Crossfit vaginal x Pompoarismo

Carla revela que tanto o pompoarismo como o crossfit de vagina possuem exercícios muito semelhantes, diferenciando-se apenas na nomenclatura.

O crossfit vaginal é um termo mais moderno, que chama a atenção das pessoas para adotarem técnicas que melhorem a qualidade de suas vidas sexuais.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

"As duas modalidades trabalham desde o abdômen até a vagina, então não há discrepâncias absurdas", explica. Portanto, você pode escolher entre o pompoarismo e o crossfit, pois ambos trarão grandes vantagens", afirma.

Yoga para o pênis

A ansiedade é um distúrbio emocional que causa grandes prejuízos em diversas áreas da vida, incluindo a sexual. Portanto, a "yoga peniana" ajuda o homem a diminuir o sentimento, tendo uma maior percepção do momento da ejaculação, para assim, buscar caminhos que possibilitem um melhor desempenho sexual.

Benefícios da yoga peniana

Apesar de alguns veículos apontarem que a yoga peniana combate a flacidez e prolonga a ereção, Carla Cecarello garante que a afirmação é equivocada: "O pênis pode ser velho ou novo. Não importa. Com o passar da idade, a perda de colágeno faz o membro ficar mais flácido, e a meditação não irá reverter isso", afirma.

Em relação a ereção, ela só acontece quando há sangue dentro do corpo cavernoso. Portanto, meditar o órgão não irá devolver a rigidez.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Entretanto, os exercícios do yoga peniano podem resolver questões psicológicas que levam a ejaculação precoce ou à impotência.

Exercícios de yoga peniano

1. Percepção do prazer

Carla indica que no momento que o homem perceber que está prestes a ejacular, ele deve contrair a musculatura peniana, para impedir o momento do "gozo". Isso trará maior controle sob a ejaculação, fazendo com que o indivíduo pense no que está o apressando a chegar rápido ao clímax.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Para fazer o exercício, é só pensar que está segurando xixi, e ir repetindo isso para conseguir controlar a ejaculação por cada vez mais tempo.

2. Orgasmo sem ejaculação

O orgasmo é uma sensação cerebral e independe da ejaculação. Portanto, é possível atingir o ápice do prazer sem gozar. Para isso, preste atenção na sua respiração no momento da transa, voltando seu olhar para o próprio corpo e sensações.

"Com isso, você terá uma percepção exata do que é o prazer, sem precisar ejacular. Este é um dos princípios do sexo tântrico", aponta Carla.

Riscos

Não há riscos em realizar o yoga peniano. A prática deixará o homem mais tranquilo com ele mesmo, menos ansioso e mais atento a ejaculação.

A única coisa que se deve evitar é alimentar esperanças: "Você não irá conseguir aumentar o pênis. E até benefícios como aumento do prazer e maior controle ejaculatório não são regras. Há aqueles que alcançam os benefícios por meio da técnica, e outros que não. É uma questão de alinhar expectativas e saber que talvez você precise tentar algo diferente", conclui a sexóloga.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Saúde sexual

Dor na relação sexual: tratamentos e causas

Pompoarismo: o que é, como praticar e benefícios

Sexo anal: tire suas dúvidas sobre o assunto