PUBLICIDADE

10 fatores que podem causar dor na mulher durante o sexo

A relação sexual dolorosa pode ser sinal de alerta para diversas doenças; veja quais são

O corpo feminino é composto por diversos elementos que estão interligados. Quando o sexo, que costuma ser sinônimo de prazer, se torna algo que causa dor e incômodo, é um forte sinal de alerta de que algo possa estar errado com o organismo ou psicológico da mulher.

A médica ginecologista Flávia Tarabini, da clínica Dr. André Braz, explica que a dispareunia (nome médico para dor durante a relação seuxal) pode gerar pistas diagnósticas para algumas doenças. Dessa forma, é importante que o local e o momento que ocorre o incômodo seja relatado ao médico.

Fique atenta se a dor aparece no início ou fim da penetração; se ela ocorre só em algumas posições ou se é na parte externa do órgão genital; se existe alguma alteração visível, como sangramentos; entre outros fatores. Confira algumas condições que podem causar dor durante o sexo:

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Vaginismo

Flávia explica que o vaginismo é causado por uma contração involuntária da musculatura que forma o canal vaginal, tornando a estrutura totalmente rígida. Essa condição pode se manifestar em diferentes intensidades, como a total incapacidade de realizar a penetração ou até mesmo impossibilitar o exame físico em consultórios médicos.

O vaginismo pode ser primário ou secundário, tendo causas psicológicas, sociais ou físicas, como o que ocorre no vaginismo pós-parto. O tratamento, normalmente, é realizado com a dilatação do canal vaginal e fisioterapia pélvica. Em casos de trauma por abuso, o acompanhamento psicológico é extremamente importante.

O vaginismo pode ser primário ou secundário, tendo causas psicológicas, sociais ou físicas, como o que ocorre no vaginismo pós-parto. O tratamento, normalmente, é realizado com a dilatação do canal vaginal e fisioterapia pélvica. Em casos de trauma por abuso, o acompanhamento psicológico é extremamente importante.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Infecção

Infecções vaginais podem tornar a parede do canal fragilizada e machucada. Quando ocorre qualquer tipo de penetração, a fricção causada na vagina pode provocar fissuras ou ser apenas um fator que gera dor por si só. Caso ocorra uma lesão no local, é possível que isso aumente as chances de infecções mais sérias.

As infecções no trato urinário também podem causar dor durante as relações sexuais. O ginecologista e obstetra André Branco, do Hospital Santa Cruz, explica que um quadro de cistite, por exemplo, também pode resultar em incômodo. Além disso, ele conta que infecções mais conhecidas, como a candidíase, podem sensibilizar e danificar a mucosa, causando dor durante o sexo.

Menopausa

A menopausa pode ser associada com a dor durante o sexo por conta da secura vaginal que ocorre nesse período. Flávia explica que a diminuição da lubrificação local, em conjunto com a aceleração na desidratação de colágeno, acaba diminuindo a espessura da parede vaginal, deixando-a mais fina e frágil, o que pode causar machucados e diminuição do prazer sexual.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Retroversão uterina

Também chamada de útero invertido, essa condição ocorre quando o órgão da mulher está posicionado de forma não habitual. De acordo com Flávia, devido a essa alteração no corpo, algumas posições sexuais podem gerar atrito entre o pênis e o útero, causando dor e incômodo na mulher.

Infecção do colo do útero

Se a região do colo do útero está inflamada, a penetração que alcança a região fúndica da vagina, atingindo o colo, pode gerar uma movimentação no local, o que causa grande dor e desconforto durante o sexo.

Vulvodínia

De acordo com a ginecologista Flávia Tarabini, a vulvodínia é uma doença que causa alteração na sensibilidade da região externa do órgão feminino, atingindo a área vulvar. Essa condição causa grande desconforto na mulher, impossibilitando que a vida sexual seja ativa. Os tratamentos mais comuns para a vulvodínia são as opções fisioterápicas e psicológicas.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Endometriose

A endometriose faz com que o tecido que reveste o útero cresça em outros lugares, gerando inflamação no local. Além de causar outros sintomas, como cólicas fortes, a dor durante o sexo também pode ser uma das consequências da endometriose, principalmente quando a penetração é mais profunda, gerando dor na parte fúndica da vagina.

Herpes genital

O médico ginecologista André Branco explica que, em casos de herpes genital, ocorrem lesões em forma de bolhas na vulva e nos lábios genitais, que podem causar grande dor e incômodo durante o sexo.

Falta de lubrificação

A baixa lubrificação vaginal também pode ser causa de dor. "Se na relação sexual não se tiver o cuidado da lubrificação prévia, como as preliminares, que têm por finalidade lubrificar a vulva, a penetração muito abrupta pode causar desconforto. Então, a falta da excitação, às vezes, pode ser a causa da dor na relação sexual", explica André.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Cirurgias

Ainda de acordo com André, cirurgias como a do períneo (seja para fazer uma correção estética ou funcional) podem, no início ou até de forma definitiva, causar dor. Já as cirurgias reparadoras de mioma, endometriose ou histerectomia deixam cicatrizes no fundo vaginal que também podem ser causadoras de dor nas relações sexuais.

Os especialistas explicam que a dor durante as relação sexuais podem, ainda, estarem relacionadas com fatores que não envolvem o campo ginecológico. Por isso, ao apresentar esse sintoma, é importante que se busque ajuda médica para que todos os exames sejam realizados e as causas mais graves possam ser descartadas.