PUBLICIDADE

8 dicas fáceis para aumentar a produtividade

Está difícil focar no trabalho? Veja alguns truques para aumentar o rendimento

Descubra o poder de um sorriso.
Participe da newsletter

Preencha os campos* abaixo.
X

*Ao concluir, você concorda com a nossa Política de Privacidade e aceita receber novidades do Minha Vida e seus parceiros.

Cadastro efetuado com sucesso!

Quem não gosta de terminar o dia com aquela sensação de dever cumprido? No entanto, muitas vezes o desânimo aparece e o trabalho não rende como deveria. Por isso, é interessante lançar mão de alguns truques e atitudes para melhorar a produtividade no dia a dia, já que, quanto mais ágeis formos, mais tempo nos sobra para o lazer, certo?

Abaixo, mostramos algumas medidas e dicas importantes que ajudam na produtividade. Confira!

Descanse bem: ninguém é produtivo se dorme mal todos os dias. A falta de sono provoca letargia e lentidão nos pensamentos, ou seja, atrapalha inclusive a tomada de decisão no dia a dia. Por isso, programe se para dormir entre 7 e 9 horas por noite - o que for mais adequado para você - e se mantenha longe das telas durante a noite, já que elas podem atrapalhar o repouso1,2.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Acorde com calma antes do trabalho: começar o dia bem também é importante para que ele seja produtivo. Por isso, nada de levantar correndo da cama, escovar os dentes e sair em disparada ao trabalho. Programe-se para acordar mais cedo - e este tempo depende do quanto você demora para fazer algumas atividades -, tome um café da manhã com calma e depois vá ao trabalho. Esse "ritual" matinal proporciona maior disposição, e com isso, maior foco.

Não se esqueça das pausas: erra quem pensa que uma pessoa produtiva é aquela que trabalha sem parar. Mesmo com altas demandas é importante fazer pausas, já que nossa mente não consegue ficar focada durante horas a fio em um único tema. Por isso, a cada 1 hora, pare por 10 minutos e faça alguma coisa prazerosa durante esse período: que tal andar pelo escritório (ou pela casa), conversar com um colega sobre amenidades, ver um vídeo divertido na internet ou se alongar? Escolha o que for mais conveniente, desde que você desligue sua mente do trabalho durante esses poucos minutos.

Que tal um café: sem dúvida, a cafeína ajuda para aqueles momentos de maior sonolência. Quem nunca ficou com dificuldade de concentração no trabalho depois do almoço? Por isso, o meio da tarde é uma boa hora para uma xícara de café, que proporciona energia para terminar as atividades do dia3.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Faça listas: lembre-se que quanto menos você deixar ao cargo de sua mente armazenar informações e compromissos, mais produtivo você será no dia a dia, pois conseguirá dedicar esse espaço na memória para outras coisas importantes no trabalho. Por isso, anote todas as suas atividades em algum lugar e fique tranquilo: o papel (ou celular) está ali para te relembrar de todas as tarefas do dia.

Não adie tarefas: além disso, comece o dia já pelas mais difíceis. Ficar adiando aquelas atividades desafiadoras pode atrapalhar bastante a sua produtividade. Por isso, já pela manhã procure executar as demandas mais complicadas, deixando as mais simples para o fim do dia, momento em que você estará mais cansado, afinal, são as mais rápidas e que não exigem tanta concentração ou energia.

Pratique meditação: o estresse do dia a dia pode minar a capacidade de concentração. Por isso, meditar é uma ferramenta poderosa para ajudar no foco no trabalho4. A meditação ajuda a mente a ficar no presente, ou seja, treina o cérebro contra distrações. Programe-se para meditar por 15 minutos diariamente, pois deve ajudar bastante.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Saúde em dia: de nada adianta seguir dicas para aumentar a produtividade se o corpo não estiver saudável e bem nutrido para aguentar a demanda. A falta de vitaminas e minerais no organismo pode provocar fadiga, sonolência e falta de concentração, por isso é importante sempre fazer um check-up periódico para analisar como está a saúde5. Uma alternativa para suprir as necessidades diárias e ajudar no foco, em complemento à alimentação, é o uso de multivitamínicos como Pharmaton Energy.

Para entender melhor, Pharmaton Energy contém VITACAF, uma associação de cafeína e vitaminas do complexo B, responsáveis por ajudar na melhora do foco e da concentração.

Pharmaton Energy: NÃO CONTÉM GLÚTEN.VITACAF? é uma combinação de vitaminas do Complexo B com cafeína. A cafeína auxilia no aumento do estado de alerta e na melhora da concentração. As Vitaminas B6 e B12, Niacina, Tiamina, Riboflavina e Ácido Pantotênico auxiliam no Metabolismo Energético.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Referências:

1 - Goran Medic, Micheline Wille, Michiel EH Hemels. Short- and long-term health consequences of sleep disruption. Nature and Science of Sleep. Disponível em: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC5449130/.

2 - Ari Shechter, Elijah Wookhyun Kim, Marie-Pierre St-Onge. Blocking nocturnal blue light for insomnia: A randomized controlled trial. Journal of Psychiatric Research. Disponível em: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC5703049/.

3 - Simone Cappelletti, Piacentino Daria, Gabriele Sani. Caffeine: Cognitive and Physical Performance Enhancer or Psychoactive Drug - Current Neuropharmacology. Disponível em: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC4462044/.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

4 - Amism P Jha, Jason Krompinger, Michael J Baime. Mindfulness Training Modifies Subsystems of Attention. Cognitive, Affective & Behavioral Neuroscience. Disponível em: https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/17672382/.

5 - Anne-Laure Tardy, Etienne Pouteau, Daniel Marquez. Vitamins and Minerals for Energy, Fatigue and Cognition: A Narrative Review of the Biochemical and Clinical Evidence. Nutrients. Disponível em: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC7019700/