PUBLICIDADE

Ter um orgasmo durante o sono é possível?

Especialista explica se sensações sexuais podem ser vivenciadas através de sonhos; confira

O orgasmo é definido como o ápice do prazer sexual, sendo capaz de causar sensações físicas e psicológicas em quem o vivencia. Considerado uma reação orgânica, diversos estudos já foram realizados a fim de entender todas as características desse fenômeno.

Uma pesquisa realizada pelas universidades de Chapman, Claremont Graduate e Indiana University, nos Estados Unidos, revelou que mulheres, independentemente da orientação sexual, tendem a atingir o orgasmo com mais facilidade durante o sexo oral. Já no Brasil, um estudo realizado pela Universidade de São Paulo (USP) revelou que 55,6% das brasileiras têm dificuldade para chegar ao orgasmo, relatando a dificuldade de se excitar e a dor durante a relação como motivos para esse bloqueio.

Embora a associação desse sentimento seja comumente feita com o ato sexual, muitas pessoas já alegaram ter vivenciado experiências orgásmicas enquanto praticavam outras atividades comuns do dia a dia, como dormir. Para entender melhor as possibilidades que envolvem esse ato, conversamos com a ginecologista e obstetra Mariana Betioli. Confira:

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Orgasmo durante o sono

De acordo com a especialista, a possibilidade de ter um orgasmo durante o sono é uma realidade. "Os estímulos que provocam o orgasmos não são só físicos e muito menos só nos genitais. A pessoa pode ter um sonho e as sensações nesse sonho serem tão prazerosas que o corpo sente como se fosse real, fazendo com que a pessoa acorde com as sensações físicas provocadas por esse orgamos", conta.

Mariana explica que a imaginação é capaz de causar diversos efeitos no cérebro, fazendo com que ele emita sinais para outras partes do corpo, provocando diferentes tipos de reações e sensações.

"Essa ligação entre nosso cérebro e o nosso corpo é a mesma para todas as pessoas. O que difere é a nossa cultura e os fatores sociais. Por exemplo: uma pessoa que cresceu com a sexualidade distorcida pelos valores familiares, religiosos e sociais, vai ter muito mais dificuldade para chegar ao orgasmo, seja dormindo, seja acordada", relata a ginecologista.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Ainda segundo Mariana, as sensações vivenciadas durante o ato sexual e o sono podem ter a mesma intensidade, proporcionando o mesmo tipo de prazer, lubrificação e contrações rítmicas. Dessa forma, qualquer indivíduo pode experimentar essa sensação durante o sono, mesmo sem nunca ter tido um orgasmo durante o sexo ou masturbação.

Benefícios do orgasmo

De acordo com Débora Pádua, sexóloga e fisioterapeuta pélvica, os benefícios do orgasmo vão além do momento de prazer na cama:

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Além disso, diversos estudos já comprovaram que o orgasmo ajuda no alívio de dores, melhora o sono e diminui o estresse.

Como atingir o orgasmo