PUBLICIDADE

Avô com Alzheimer decora música feita pelo neto em vídeo emocionante

Cantor Lucas Laypold encantou os internautas no Twitter ao aparecer junto com seu avô cantando a música que escreveu especialmente para ele; assista

Lucas Laypold é um cantor e compositor gaúcho que virou assunto nas redes sociais por conta de um gesto emocionante. Em uma postagem feita na noite desta quarta-feira (27), ele prestou uma linda homenagem ao seu avô, que sofre com os efeitos do Alzheimer.

O artista dividiu com seus seguidores um vídeo em que entoa uma música que escreveu especialmente para o parente. Porém, o que mais chama atenção é que o senhorzinho também aparece cantando na gravação, mostrando que conseguiu decorar a letra da canção.

"Meu avô com Alzheimer DECOROU a música que eu fiz pra ele!", comemora Lucas na postagem. Nas imagens, o cantor ainda exibe toda a sintonia e carinho pelo avô, que se diverte com a situação e não se intimida ao esquecer alguns pequenos trechos.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Além da cena comovente, que mobilizou muitos usuários na rede social, a letra da música de Lucas também não passou batida. Nos versos, o cantor faz uma analogia poética à condição do avô, repetindo: "Vê se não esquece mais".

Isso porque o Alzheimer é uma doença neuro-degenerativa que provoca a perda progressiva de memória. Com a evolução do quadro, o problema causa grande impacto no cotidiano da pessoa e afeta a capacidade de aprendizado, atenção, orientação, compreensão e linguagem.

Assista ao vídeo do neto cantando música com o avô que sofre de Alzheimer:

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

View this post on Instagram

Meu avô com alzheimer DECOROU a música que eu escrevi pra ele!!!!!! . ESSE É O VÍDEO!!!! ❤️❤️❤️❤️

A post shared by L A Y P O L D 🇧🇷 (@laypold_oficial) on

Alzheimer no mundo

No Brasil, estima-se que quase 1 milhão de pessoas com mais de 60 anos de idade sofram com a doença de Alzheimer, segundo dados da Associação Brasileira de Alzheimer (Abraz).

Em todo o mundo, são cerca de 15 milhões de pessoas com Alzheimer. Nos Estados Unidos, a doença é a quarta causa de morte de idosos entre 75 e 80 anos, perdendo apenas para infarto, derrame e câncer.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Embora a doença não tenha cura, um grupo de cientistas italianos descobriu recentemente uma possível saída para frear o avanço do quadro. Os especialistas encontraram uma molécula presente em nosso organismo que pode impedir o desenvolvimento do distúrbio em sua fase inicial.

Informações sobre Alzheimer

Alzheimer: 1 em cada 3 casos poderia ser prevenido, diz estudo

Especialistas indicam 6 fatores de risco do Alzheimer

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Esquecimento e mais: saiba diferenciar Alzheimer e envelhecimento