7 tipos de choro de bebê (e como lidar com cada um deles)

Saiba identificar se o choro é de fome, calor, cólica ou cansaço

Antes de aprender a falar, o jeito como nós nos comunicamos envolve gestos, feições e muito choro. Não há pai ou mãe que não fique aflito ao ver seu bebê aos prantos. E para acalmá-lo, é preciso entender de que ele precisa.

Dar atenção e carinho é sempre a primeira providência a ser tomada. Depois, é possível entender quais as necessidades dele por eliminação. Cada motivo de choro tem sinais específicos para os quais se deve olhar. Dos mais simples de resolver até os mais complicados, entenda cada um dos motivos que levam o bebê a chorar:

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

1 - Chorar por umidade:

Fralda molhada ou suja aborrece muito o bebê. Quando ouvir o primeiro choro, cheque se a causa não é essa.

Como acalmar o bebê: Basta fazer a higiene e trocar a fralda para que a agonia passe.

2 - Chorar por fome:

No primeiro ano de vida, a maioria das crianças sente muita fome, por causa do crescimento acelerado. Os bebês que mamam no peito costumam se alimentar entre oito e doze vezes por dia. Aqueles que consomem leite de vaca e outros alimentos podem sentir fome menos freqüentemente.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Como acalmar o bebê: Mesmo que tenha se passado pouco tempo desde a última vez que você o alimentou, ele só vai parar de gritar quando estiver satisfeito. Para identificar se ele está chorando de fome, ofereça o peito ou a mamadeira.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

3 - Chorar por sede:

Até os seis meses, a criança alimentada pelo leite materno não precisa beber água. Já as que se alimentam de leite de vaca, sucos e outras misturas devem ingerir água filtrada e fervida nos intervalos das refeições.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Como acalmar o bebê: Se seu filho não mamar no peito, ofereça água a ele. Se recusar é porque não precisa, por isso não insista.

4 - Chorar por frio ou calor:

Roupinhas apertadas, quarto abafado e cobertores muito grossos podem fazer o bebê chorar pedindo socorro para o desconforto que o calor causa. O frio, seja por estar mal-agasalhado num dia de inverno, seja por estar nu ou de banho na água fria, também fazem os pequenos sofrerem.

Como acalmar o bebê: Evite sair de casa com seu filho em dias de muito frio, vento e chuva. Se for realmente necessário, mantenha todo o seu corpo e cabeça bem protegidos. Não o vista com roupas muito justas ou de tecidos ásperos. Lembre-se de que ele está no mesmo lugar que você e não precisa ser agasalhado como se estivesse fazendo dez graus a menos.

5 - Chorar por cansaço:

O pequeno ainda está se acostumando com barulho, luz, mudanças e agitação a sua volta. Ele pode se sentir exausto com tanto estímulo e encontrar no choro uma forma de aliviar sua aflição.

Como acalmar o bebê: Mantenha disciplina com relação aos horários de dormir, tomar banho, se alimentar e receber visitas desde muito cedo ajudam a tornar a criança menos agitada. Manter o ambiente do quarto silencioso, com pouca luz, também é tranquilizante.

6 - Chorar por cólica:

Nos primeiro ano de vida, as cólicas podem ser freqüentes. Provocam dor no bebê e o fazem chorar desesperadamente. Essa agonia pode durar algumas horas, o que não é incomum.

Como acalmar o bebê: Massageie sua barriguinha com movimentos circulares por alguns minutos. Isso vai ajudar a eliminar os gases que causam dor.

7 - Chorar por doença:

Febres, viroses, gripes, desarranjos intestinais e infecções de garganta e ouvido provocam dor e desconforto no bebê. Cheque a temperatura e se há presença de algum sinal de doença, como manchas na pele, nariz entupido, tosse, diarréia, machucados e pontos que pressionados causam mais dor. Em caso afirmativo para qualquer sintoma, procure logo o pediatra.

Como acalmar o bebê: Tenha sempre um analgésico e um antitérmico à mão, e ministre ao bebê a dose indicada até chegar ao pediatra. Em caso de febre alta, um banho morno para frio ajuda a baixar a temperatura.

Passo-a-passo para acalmar um choro:

Alguns choros podem passar simplesmente resolvendo o problema que está provocando. Já outras situações podem precisar de mais recursos para serem acalmadas. O pediatra Remaclo Fischer Junior ensina você como agir quando o bebê começar a chorar. Lembre-se: se não passar, não hesite em recorrer ao pediatra.