5 momentos que as crianças nos convidaram a rir ou chorar

Nos ensinando a cultivar o amor e a gratidão, essas crianças celebram o espírito infantil de formas extraordinárias

A espontaneidade e inocência são características encantadoras das crianças. Por não terem uma grande bagagem de traumas, elas são capazes de manter suas essências em um mundo muitas vezes severo. Muitas delas nos fazem rir, chorar e refletir sobre quem somos.

Seja nos relembrando da importância da paciência ao estarem presas em uma caverna na Tailândia ou salvando parentes em situações extremas, as crianças provam diariamente o quanto são especiais. Veja a seguir, cinco momentos em que as crianças nos convidaram a rir ou chorar:

1. Crianças presas na caverna da Tailândia

Em Junho deste ano, 12 meninos e um técnico de futebol ficaram presos em uma caverna na Tailândia devido a uma forte tempestade que os colocou a quatro quilômetros de distância da saída do local. Eles ficaram presos por 17 dias, sem saber se sairiam vivos da situação.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Entretanto, o técnico de futebol (Ekkapol Chantawong) havia sido monge budista por 10 anos e conseguiu manter as crianças calmas. Todas elas foram capazes de viver o momento de forma bem humorada, escrevendo cartas para seus professores em que diziam coisas como: "Professores, não nos deem muito dever de casa!".

A capacidade de abstração das crianças para nutrir a esperança de sobrevivência nos faz lembrar de como somos capazes de realizar tudo o que desejarmos, desde que acreditemos nisso.

2. Menino autista salva mãe

Um menino autista de apenas cinco anos chamado Tyler ligou para a emergência ao ver sua mãe desmaiar na sala de casa. No início, os telefonistas acreditaram que se tratava de um trote, pois o menino não respondia as perguntas que eram feitas à ele.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

O serviço de emergência só acreditou em Tyler após ele dizer que tinha autismo. A partir daí, ele e sua irmã Annabella foram instruídos a pedir ajuda aos vizinhos enquanto esperavam a ambulância. Eles conseguiram fazer tudo corretamente e salvaram a vida da mãe.

Tyler ganhou um certificado de bravura da National Autistic Society (instituição de caridade britânica para pessoas autistas) por ter ficado ao lado da mãe até o momento que os paramédicos chegaram. A instituição afirmou que muitas crianças autistas sentem dificuldades em se comunicar com conhecidos, e falar ao telefone com estranhos implica em um desafio ainda maior.

O fato mostra como as crianças guardam uma grande coragem dentro delas, superando suas dificuldades para salvar aqueles que amam.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

3. Menino agradece irmã por doação de medula

Guilherme Hedler, de 11 anos, descobriu que tinha leucemia no ano passado. Após intenso tratamento, a sua única chance de sobrevivência seria com um transplante de medula. A irmã Isabele, de 4 anos, era compatível, e fez a doação ao menino.

Logo após a cirurgia, Guilherme ligou para a irmã e contou que o procedimento tinha dado certo. "Eu tô com a tua vida!", diz ele no vídeo que viralizou. Assista aqui.

"Sabe o que aconteceu hoje? Tua medulinha está trabalhando no corpo do mano! Pegou!", disse o menino no vídeo, e completa: "Se não fosse tu eu não teria nascido de novo. Obrigado! Obrigado!". A menina responde "Eu te amo, Guilherme! Eu te amo enorme mais ainda!".

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

4. Criança dá economias para médico que salvou sua mãe

Pietro Caldarella, de cinco anos, realizou um gesto de gratidão que comoveu a todos esse ano. Após ter sua mãe curada do câncer, ele enviou suas economias em um envelope para o médico que realizou o tratamento.

O envelope continha seu nome e 45 centavos. O gesto veio acompanhado de um pedido: o médico deveria investir as economias em pesquisas científicas para encontrar a cura para a doença. Pietro postou a foto do presente em seu Facebook e o post viralizou.

5. Menino cuida de avô cadeirante

Enzo Meneguelli Pereira é um menino de 6 anos que mora em Santa Gertrudes (SP) e ficou famoso por gravar um vídeo mostrando que consegue ajudar seu avô cadeirante a subir na cama.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

A família instalou um gancho no teto que desce e sobe quando acionado por um controle remoto. Ele foi colocado para ajudar o avô de Enzo, João Meneguelli, de 75 anos, a subir na cama.

Geralmente, o processo é feito pelas filhas de João. Fernanda Cristina Meneguelli Sperber, tia do garoto, contou ao EPTV que um dia saiu com a irmã e deixou em casa o sobrinho e o pai, na cadeira de rodas. Quando voltou, João já estava na cama dando risada.

O ato comoveu a família e reiterou a bondade presente no coração dos pequenos, que assim como João, possuem um instinto para ajudar ao próximo. "Você vê um adulto cuidar de outro é comovente, mas não é tanto. Agora uma criança mexe mais com a gente, o coração não aguenta. Ele é demais", declarou o João para o EPTV.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)