PUBLICIDADE

Como lidar com os odores corporais e suor na adolescência

Entenda por que os odores corporais e suor costumam ser mais intensos nesta fase e muito mais

A adolescência é uma fase de muitas transformações físicas. Corpos infantis vão aos poucos se transformando em corpos adultos, trazendo consigo os contornos femininos, os músculos masculinos, os pelos e ...os odores. Bebês são cheirosinhos e as crianças, no final do dia estão só imundas, mesmo que suadas. E o que acontece com os adolescentes que, de repente, começam a apresentar odores corporais?

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

O suor é fundamental para a manutenção da temperatura corpórea de todos os seres humanos, de qualquer idade. Existem 2 tipos de glândulas sudoríparas: as écrinas e as apócrinas, responsáveis pelo processo de transpiração. As glândulas écrinas estão espalhadas em todo o corpo e atuam durante toda a vida do indivíduo. Ela produz um suor composto basicamente por água e sal, não produzindo cheiro.

Já as glândulas apócrinas, localizadas principalmente em axilas, virilhas, área genital e mamilos, só começam a atuar no início da puberdade, ficando muito ativas durante toda a adolescência. Essas glândulas estão ligadas aos folículos pilosos dessas regiões e produzem um tipo de suor que contém ácidos graxos e proteínas que, em contato com as bactérias da pele, são metabolizados e produzem o mal cheiro. As bactérias, em contato com roupas usadas e suadas podem produzir o mesmo mal cheiro nas roupas.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Os hormônios sexuais, responsáveis pelas características sexuais secundárias de ambos os sexos têm seus níveis bastante elevados durante a puberdade e também são responsáveis pelo aumento de transpiração e surgimento de odores na adolescência.

As glândulas apócrinas e as variações hormonais normais da adolescência são, portanto, as responsáveis pelo aumento da sudorese e pelos odores tão comuns nessa faixa etária.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Nem sempre os jovens adolescentes percebem as mudanças das características de seu suor, ficando para os pais o papel de alertá-los e orientá-los sobre os cuidados a serem tomados. Com o passar dos anos o entendimento e a aceitação do novo corpo os tornam aptos para assumirem os cuidados com si próprios.

Causas normais de aumento da sudorese:

Causas patológicas de sudoreses excessiva:

Hiperidrose

A hiperidrose é uma condição benigna bastante comum na adolescência, principalmente a chamada focal, ou seja, localizada em uma ou mais áreas específicas do corpo, de forma bilateral. As regiões mais afetadas são as palmas das mãos, as plantas dos pés e as axilas. Sua causa ainda é desconhecida, mas parece ter alguma herança genética. Mesmo as pessoas que não costumam transpirar muito podem apresentar sudorese acima do habitual diante de algumas situações, tais como stress físico ou emocional, variação hormonal e alterações do sistema simpático (que regulam a produção de suor). Algumas pessoas se incomodam bastante e têm seu dia a dia afetado por essa condição, por exemplo, jovens que transpiram tanto em provas que borram os seus próprios escritos ou atletas que não conseguem segurar a bola durante um jogo por conta da umidade nas mãos. Para esses casos indica-se tratamento.

Causas de sudorese com odor (Bromidrose):

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Tratamento

O controle da hiperidrose e da bromidrose inicia-se com orientações e medidas comportamentais e somente em caso de falha é que se indica o tratamento medicamentoso ou cirúrgico.

Medidas comportamentais

Tomar banho diariamente;Não usar a mesma camiseta e roupa íntima após tê-las usado durante o dia inteiro;Evitar roupas sintéticas, dar preferência para o algodão ou linho;Depilar axilas e virilhas- ajuda a evaporar o suor e reduzir a sudorese e o odor;Compressas com chá preto podem "acalmar" as glândulas sudoríparas;Usar desodorante diariamente: se o problema maior for o excesso de suor, escolha um desodorante antiperspirante, com alumínio na sua composição. Se o problema maior for o odor, a escolha certa é o desodorante com bactericida.

Tratamento médico