PUBLICIDADE

Como e quando ensinar a criança a realizar a própria higiene íntima

Veja os cuidados especiais na higiene íntima das meninas e dos meninos

Durante um bom tempo toda criança depende dos pais para ter sua higiene íntima realizada com sucesso. No entanto, a partir de um determinado momento, os pais devem ensiná-las a fazê-la por conta própria. Mas, como ter essa conversa? A partir de qual idade pode ser dada essa autonomia?

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Cada criança tem o seu próprio ritmo de amadurecimento, devendo porém ser estimulada para a autolimpeza após a evacuação ser feita a partir dos 5 anos de idade. A conversa tem que ser natural e de maneira descontraída para não constranger o menor aprendiz. Demonstre como deve ser feita a higienização e inicie um treinamento. Não se esqueça de elogios a cada acerto e demonstrações do jeito correto nos momentos de alguns deslizes. Evite sempre as críticas e os comentários desairosos.

Os pais devem ter bastante paciência, pois é um processo novo, de descoberta e aprendizado. Algumas crianças podem demonstrar interesse em cuidar da própria higiene antes deste período; outras não têm interesse, somente após os 5 anos. O importante é não desistir da estimulação e reiniciar o processo quantas vezes forem necessárias.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Inicialmente, para garantir que o treinamento esteja no caminho certo, faça uma avaliação após o uso do sanitário pela criança.

Para garantir a eficácia da limpeza nas crianças, ensine e oriente corretamente, diferenciando a higienização de meninos e meninas. Veja algumas orientações abaixo:

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Meninos

Xixi: após urinar a criança deve limpar suavemente o pênis com o papel higiênico. Os pais podem abrir o prepúcio para higienizar o pênis, mas sem forçar a pele para expor a glande, pois isto pode machucar e causar traumas. Quando a criança estiver no momento certo para a sua autolimpeza, é preciso ensiná-la também quanto a este cuidado específico.

Cocô: após a evacuação deve ser feita a limpeza com o papel higiênico ou chuveirinho.

Meninas

De modo geral, as meninas são mais suscetíveis às infecções do que os meninos, por apresentarem uretra mais curta. As consequências mais comuns da má higiene na genitália são as infecções urinárias, as vulvovaginites e as inflamações na pele e na mucosa local.

Xixi: após urinar, a criança deve limpar-se da frente para trás, e não repetir a operação com o mesmo papel, evitando, assim, contaminações do ânus para a vagina e resultar em infecções do trato urinário. Contudo, a orientação deve ser sempre o uso do chuveirinho.

Cocô: após a evacuação deve ser feita a limpeza com o papel higiênico ou chuveirinho.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Vale lembrar que, se possível, deve-se sempre optar pela limpeza com água, que proporciona uma melhor higiene.