PUBLICIDADE

4ª semana do bebê: estimule o bebê para ele se desenvolver

Estímulos visuais e auditivos ajudam o bebê a se adaptar ao mundo externo

Seu bebê está prestes a completar 1 mês de vida e, ao longo dessas quatros semanas, você consegue notar que seus reflexos estão mais definidos e presentes, de forma mais rápida. Isso porque seu processo de desenvolvimento está mais estabilizado.

De acordo com os especialistas, os estímulos visuais e auditivos ajudam o bebê a procurar os sons ao seu redor com mais rapidez. Além disso, o bebê já apresenta melhor foco visual e, ao ser estimulado, pode tentar imitar alguns gestos, como apresentar alguns sorriso por exemplo.

Por isso, conversar, fazer caretas e brincar com seu filho é uma ótima maneira de ajudá-lo no seu desenvolvimento, pois a tendência é que seu bebê tente responder a todos esses estímulos.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Mas além das brincadeiras, é importante que os pais tentem estimular o aleitamento materno e estipular rotinas de sono. Para garantir maior segurança à saúde do bebê, o recomendado é evitar saídas desnecessárias, exceto para os banhos de sol e visitas ao pediatra.

Proteja a saúde do bebê

A recomendação dos pediatras é que se evite ir a locais públicos e aglomerados com o bebê, para evitar o risco de infecções. Para os banhos de sol, opte por passeios rápidos e realizados em locais abertos, preferencialmente no início da manhã ou no final da tarde.

Além dos cuidados com saídas externas, no primeiro mês de vida é ideal que o bebê já tenha recebido a vacina BCG e a vacina de hepatite B. As próximas vacinas serão oferecidas apenas no segundo mês de vida.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Boas práticas para as visitas

Enquanto você não pode sair para passear, a tendência é que as pessoas se desloquem até vocês. No entanto, mesmo com os mais íntimos, é preciso que a visita ao bebê seja regrada e com alguns cuidados.

Opte preferencialmente por visitas individuais ou no máximo de duas pessoas para quando há um casal. Peça que, em caso de estarem doentes, esperem até se recuperar totalmente. Quando recebê-las, solicite a higienização das mãos e o uso do álcool em gel.

O ideal é pedir que as pessoas evitem pegar o bebê no colo, e principalmente não beijá-los. As recomendações podem parecer exageradas, mas são fundamentais para prevenir a transmissão de alguma doença para o bebê.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Como escolher a roupa do bebê?

Para muitos pais de primeira viagem, escolher as roupas do bebê pode ser uma tarefa um pouco complicada. Afinal, como podemos saber se o bebê está com frio ou com calor? De acordo com os pediatras consultados, o bebê sente o mesmo frio ou o mesmo calor que nós.

No entanto, como ele perde a temperatura mais rápida que um adulto, a recomendação é que sempre seja utilizado uma camada de roupa a mais. Se o bebê estiver transpirando bastante, troque-o, pois é preciso ter cuidado com o superaquecimento causado pelo excesso de agasalhos.

Fontes consultadas

Mariana Caramelo Jordão - pediatra

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Flauber Filho - coordenador médico pediatria Hospital Hsanp