PUBLICIDADE

13 formas de descobrir o sexo do bebê

Entenda como é cada método e quais realmente funcionam

A gestação é um momento de muitas descobertas e aprendizados e, junto com essa fase, vem a ansiedade para descobrir se é menino ou menina. Na internet ou em uma conversa com as amigas podem surgir diversas dicas e simpatias de como descobrir o sexo do bebê.

Por isso, separamos os principais métodos e conversamos com um obstetra para entender quais realmente funcionam. Confira abaixo.

1. Sexagem fetal

O que é: A sexagem fetal é um exame de sangue que promete determinar o sexo do bebê com apena 8 semanas de gravidez. Esse exame detecta fragmentos do cromossomo Y no sangue materno.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Funciona? Sim. De acordo com o ginecologista e obstetra Alberto d'Auria, especialista da Maternidade Pro Matre Paulista, a partir do momento que a mulher engravida já existe uma troca sanguínea entre ela e o feto. Dessa forma, se no sangue for detectado o cromossomo Y significa que a mulher terá um bebê do sexo masculino. Já se não for detectado esse cromossomo é concluído que a gestante terá um bebê do sexo feminino.

"Esse teste funciona para embriões únicos ou gemelar univitelino. No segundo caso, quando se tem gêmeos idênticos e achar o cromossomo Y pode-se dizer que os dois são meninos", explica o obstetra.

2. Ultrassom gestacional

O que é: O ultrassom gestacional, também conhecido como ultrassom morfológico, é um exame de imagem que serve para analisar a formação do bebê no útero.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Funciona? Sim. O especialista afirma que quando esse exame é feito no segundo trimestre de gravidez serve para descobrir o sexo do bebê. No entanto, ao decorrer do tempo surgiram outros métodos que conseguem ser tão eficazes quanto, além de terem a vantagem de serem feitos antes do segundo trimestre.

3. Método do tubérculo genital fetal

O que é: Este método tem como objetivo observar a inclinação do tubérculo genital entre 11 e 13 semanas por meio de ultrassom morfológico e consiste em descobrir através do ângulo se há chances de ser menino ou menina.

Funciona? Sim. Com a melhora dos aparelhos de ultrassom e o treinamento dos operadores é possível fazer diagnóstico com a segurança em torno de 80%. "Hoje no ultrassom morfológico do primeiro trimestre que é entre 11 e 13 semanas é possível olhar uma estrutura que antecede o genital tanto masculino como feminino e observar o grau de inclinação. Por meio desse grau de inclinação dá para sugerir que se o feto é menino ou menina", ressalta o ginecologista e obstetra Alberto d'Auria.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

4. Método do Intelligender

O que é: O método do intelligender é um teste que consegue identificar o sexo do bebê por meio da urina para fazer nas 10 primeiras semanas de gravidez. Um potinho com cristais químicos irão interagir com os hormônios presentes na urina. Em seguida, acontece uma mudança de cor do líquido no recipiente. O rótulo afirma que se der cor laranja indica menina e verde indica menino.

Funciona? Não. Isso porque não há comprovação suficiente de que o teste é eficaz. Além disso, há vários relatos na internet de resultados que deram errado.

5. Tabela Chinesa

O que é: A tabela chinesa é um método que tem como objetivo cruzar a idade da mãe ao engravidar com o mês da concepção do bebê e, com ajuda da tabela chinesa é possível descobrir o sexo do bebê. Muitas mulheres utilizam o método para planejar a gravidez de acordo com o desejo de ter uma menina ou um menino.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Funciona? Não. Este método não é confiável pois não tem base científica.

6. Tabela Maia

O que é: A tabela maia é uma técnica antiga que também identifica o sexo do bebê cruzando o mês de concepção e idade da gestante.

Funciona? Não. Tal qual a tabela chinesa, este método não tem provas científicas que comprovem sua eficácia.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

7. Formato da barriga

Como é: Acredita-se que quando a barriga da gestante está mais pontuda indica que ela está grávida de um menino. Já quando a barriga é mais redonda indica gravidez de uma menina.

Funciona? Não. Segundo o ginecologista e obstetra Alberto d'Auria, o abdômen da mulher muda durante a gravidez e não há comprovação científica desse método que define o sexo do bebê por meio do formato da barriga.

8. Alimentação

Como é: Dizem que a vontade de comer mais salgados indica a gravidez de um menino e vontade de comer mais doces indica gravidez de uma menina.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Funciona? Não. "Isso está ligado ao nível de cortisol sanguíneo e ao hipotireoidismo, portanto não tem relação com o sexo do bebê", afirma o especialista.

9. Frequência dos enjoos

Como é: Pouco enjoo matinal indica gravidez de um menino e enjoo matinal frequente indica gravidez de uma menina.

Funciona? Não. Segundo o obstetra, isso está ligado ao nível de magnésio sanguíneo e não tem relação ao sexo do bebê.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

10. Formato do nariz

Como é: Quando a gestante fica com o nariz inchado indica menina e quando não fica com o nariz inchado indica menino.

Funciona? Não. Essa afirmação está ligada ao hipotireoidismo e não com o sexo do bebê.

11. Batimentos cardíacos

Como é: Acreditam que os batimentos cardíacos dos bebês podem entregar qual o sexo. Se os batimentos forem acima de 150 batimentos por minuto (medidos em uma ultrassom) é menina, quando bate menos que isso é menino.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Funciona? Não, pois não tem amparo científico.

12. Agulha e linha

Como é: Pendurar uma agulha ou aliança em um fio de cabelo e segurar em cima da palma da mão ou da barriga da grávida. Se rodar é menina, se balançar é menino.

Funciona? Não. Isso é apenas uma simpatia e não tem comprovação científica.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

13. Garfo e colher

Como é: Sem que a gestante veja, uma pessoa esconde um garfo e uma colher embaixo de duas almofadas. A gestante vai escolher em qual almofada sentar. Se for colher é menina, se for garfo é menino.

Funciona? Não. Isso é apenas uma simpatia e não tem comprovação científica.