PUBLICIDADE

Bebês devem usar sapatos? Especialistas respondem

Os calçados prejudicam a formação dos pés quando usados desnecessariamente

Descubra o poder de um sorriso.
Participe da newsletter

Preencha os campos* abaixo.
X

*Ao concluir, você concorda com a nossa Política de Privacidade e aceita receber novidades do Minha Vida e seus parceiros.

Cadastro efetuado com sucesso!

A hipersensibilidade da pele e da cartilagem de recém-nascidos exige atenção especial dos pais e cuidadores. Embora os sapatinhos de bebês sejam uma das peças mais fofas e adoráveis dos enxovais, eles podem representar riscos para o desenvolvimento dos pés dos bebês.

O que deve ser considerado ao escolher o calçado? Quando é realmente necessário usar sapatos? Pisar no chão faz mal?

Quem responde a essas e a outras perguntas é o especialista Bruno Miranda, médico ortopedista do grupo de Cirurgia do Pé da Faculdade de Medicina do ABC e membro da Doctoralia.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Bebês devem usar sapatos?

"Os bebês não têm necessidade de usar nenhum tipo de calçado, eles devem ser mantidos sempre que possível sem calçados para estimular a formação da musculatura e melhorar a consciência corporal."

De acordo com o Ortopedista e Traumatologista Marco Aurélio Neves, "o uso dos sapatos para bebês pode prejudicar o desenvolvimento, ocasionando lesões e comprimindo o pé (principalmente no primeiro ano de vida). Tudo é muito flexível nesta idade inicial e ter algo comprimido pode impedir o crescimento normal ou criar deformidades."

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Andar descalço faz mal ao bebê?

"Andar descalço estimula o funcionamento da musculatura do pé e a propriocepção, definida como a noção espacial de onde está. Conforme o bebê toca seus pés no chão, ele ativa a sua musculatura e entende a distância dos seus pés do solo e de como deve andar", explica Bruno Miranda.

Em vez de sapatos, os pais podem calçar meias antiderrapantes em dias frios.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Quando é necessário calçar os sapatos?

"Até que comece a realmente andar, não é necessário. É recomendado que usem por volta de um ano, na idade de marcha. Mas se estiver andando em casa, num ambiente seguro e limpo, é indicado que ele ande descalço. Obviamente, fora de casa o calçado é importante", afirma Bruno Miranda.

Saiba mais: 5 dúvidas que surgem quando seu bebê começar a andar

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Período de marcha (a partir de 1 ano)

Mesmo no período de marcha, o médico Marco Neves adverte que "o recomendado é alternar períodos de uso de calçado e de pés descalços, o que ajuda o desenvolvimento motor e neurológico. Experimentar terrenos irregulares ajuda o bebê a desenvolver o equilíbrio."

Qual é o sapato ideal?

O sapato ideal para o bebê não deve machucar a sua pele e nem interferir na formação do pé, segundo Bruno Miranda:

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

"O calçado deve ser bem frouxo: não deve apertar o pé e a parte da frente deve ser mais arredondada para não machucar os dedos. Se o calçado for menor que o adequado, ocasiona desconforto e pode resultar em uma unha encravada."

"A parte de cima deve ser de material transpirado porque os pés suam muito. Materiais sintéticos, que não ajudam a dissipar calor, devem ser evitados. A sola do sapato, de preferência, deve ser lisa, macia como a palma da mão e a palmilha do calçado deve ser absorvente."

Riscos de sapatos grandes

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

"Os pais tendem a comprar calçados com número muito maior e isso é ruim. O ideal é a troca regular de calçados medindo a palmilha. Deve sobrar no máximo um dedo em relação aos dedos e a frente do pé. A troca de calçados deve ocorrer em média de três a quatro meses e varia conforme o tamanho dos pés", adverte o ortopedista Bruno Miranda.

Outra recomendação importante é inspecionar diariamente os pezinhos do bebê para checar se não há indícios de feridas ocasionadas pelos sapatos. Além disso, os pés devem estar higienizados e secos ao calçar sapatos a fim de prevenir a formação de micose.

Qual calçado não deve ser usado?

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

O especialista em lesões Marco Neves adverte que os sapatos com solado grosso representam maior risco de queda e lesões, principalmente nos primeiros anos de vida. Sapatos pesados e que mostrem qualquer indício de desconforto não devem ser usados.

Bebês precisam de palmilha ortopédica?

"Não há necessidade de usar palmilha para formar o arco do pé em bebês porque a formação do arco do pé se inicia por volta dos oito anos de idade. Todas as crianças terão o pé chato. Quando as crianças estão no período de marcha, é importante calçados com apoio no calcanhar e cano mais alto", explica Bruno Miranda.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)