PUBLICIDADE

Vídeo mostra bebê dentro da bolsa após o nascimento

O registro do bebê empelicado se revirando dentro da bolsa viralizou nas redes sociais

Descubra o poder de um sorriso.
Participe da newsletter

Preencha os campos* abaixo.
X

*Ao concluir, você concorda com a nossa Política de Privacidade e aceita receber novidades do Minha Vida e seus parceiros.

Cadastro efetuado com sucesso!

Um vídeo de um bebê que nasceu ainda dentro do saco amniótico, mais conhecido como "bolsa", viralizou nas redes sociais. O registro foi publicado na última sexta-feira (8) pela página MaGestar e já atingiu 284 mil visualizações.

No vídeo, é possível notar o bebê se mexendo e revirando dentro da bolsa, reproduzindo os mesmos movimentos feitos quando estava na barriga da mãe. Os autores do vídeo ainda não foram identificados.

O chamado "parto empelicado" acontece quando o bebê nasce envolvido pela camada da bolsa, que acaba não se rompendo durante o trabalho de parto. Apesar de raro, é estimado que esse tipo de parto aconteça 1 vez a cada 80 mil nascimentos.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

No Brasil, um caso de bebê empelicado ficou popular no começo do ano. A fotógrafa Jana Brasil registrou o nascimento do pequeno Noah, também envolvido pela bolsa durante o parto.

View this post on Instagram

A post shared by JanaBrasil | Foto Nascimento (@janabrasilfotografia)

Por que o bebê se movimenta dentro da barriga?

Quando estamos em uma posição desconfortável, a tendência é que a gente adeque nossa posição... Certo? Com o bebê acontece a mesma coisa. Ele estica as pernas, braços, vira cambalhota e pode intercalar entre ficar sentado, de cabeça para baixo ou na transversal.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Esse tipo de manifestação costuma acontecer até a trigésima semana. Sendo assim, quando a gestante começa a sentir o bebê agitando dentro da barriga pode significar que ele está intercalando entre uma posição e outra ou dando uma cambalhota.

Por volta da trigésima semana, no entanto, a movimentação se torna menos brusca, mas isso não quer dizer que está mais leve. É nessa hora que você pode começar a sentir aqueles chutes, cotoveladas e manifestações que mostram o quão forte é o bebê antes mesmo de nascer.

Mais sobre gravidez

Desvende nove mitos sobre o parto

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Confira como estimular seu bebê ainda na barriga

Entenda o que esperar do trabalho de parto