PUBLICIDADE

Mãe se pronuncia após acusação de levar filho em "coleira"

Após ser amplamente criticada nas redes sociais, mulher de Poços de Caldas (MG) explicou que usa mochila guia para segurança de seu filho autista

A foto de uma mãe mexendo no celular enquanto seu filho estava preso a ela por uma espécie de "coleira" viralizou nas redes sociais na última semana e rendeu uma série de comentários negativos. No entanto, a mulher fotografada decidiu rebater as críticas e contar a verdadeira história por trás da imagem.

A legenda da publicação original cravava uma reprovação logo de cara: "Quando você pensa que já viu de tudo, aparece uma mulher com o filho na coleira para mexer no celular. Estamos do avesso mesmo".

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Sem ter seu autor revelado, a foto foi tirada no centro de Poços de Caldas, em Minas Gerais, e a mãe fotografada era Amanda Massoni, de 27 anos. Depois de ver sua imagem circulando pela internet, coberta de críticas e comentário difamatórios, ela decidiu usar o Facebook para esclarecer o caso.

"Primeiro: meu filho é autista e não entende se eu falar que é pra ele ficar perto de mim, ele sai correndo pro meio da rua. Segundo: eu estava parada pedindo Uber. As pessoas não entendem, isso é para proteção e segurança dele. A pessoa me expõe nas redes sem saber de nada da minha vida", escreveu Amanda na postagem.

Em entrevista à revista Crescer, ela contou que seu filho de 3 anos possui um grau de autismo de leve a moderado e que não gosta que segurem muito nas mãos dele. Por isso, ela opta por usar a mochila guia, que o deixa mais à vontade e protegido.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Assim que viu a publicação, Amanda contou que ficou muito triste e resolveu se defender. Felizmente, sua resposta também viralizou, com mais de 30 mil compartilhamentos. Além disso, ela afirmou que já registrou um boletim de ocorrência para descobrir quem tirou a foto.

Como funciona a mochila guia?

Apesar de gerar polêmica, pois é vista por muitas pessoas como uma forma excessiva de proteção e controle, a mochila com guia é um acessório que serve para garantir mais segurança durante passeios com crianças pequenas.

A peça funciona da seguinte forma: a criança coloca o acessório nas costas e o adulto que a acompanha limita a distância que ela pode percorrer sozinha segurando uma corda, que é presa à mochilinha e lembra uma "coleira".

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Assim, a mochila permite que a criança possa andar e "explorar" o ambiente sem que os pais a percam de vista. Outra vantagem da mochila é que pode evitar quedas, garantindo o bem-estar da criança durante o passeio.

Além disso, a maioria desses produtos conta com alças nos ombros e também uma faixa para prender no peito da criança, impedindo que ela tire a mochila com facilidade quando quiser sair da vista dos responsáveis.

Portanto, em casos com o de Amanda, o acessório pode ser uma boa alternativa para sair com criança na rua. Os pais, no entanto, só devem se atentar para o fato de não perder o envolvimento emocional com os filhos nessas ocasiões, ensinando sobre as situações de perigo, impondo limites e fortalecendo vínculos afetivos.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Saiba mais sobre autismo

Autismo: o que é, sinais e tipos

10 coisas que pessoas com autismo gostariam que você soubesse

Transtorno do Espectro Autista: a quais sinais os pais precisam se atentar?

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)