PUBLICIDADE

Estudantes gravam vídeo contra o "desafio quebra-crânio"

A brincadeira que viralizou nas redes sociais deixou pais em alerta, mas jovens começaram uma corrente do bem contra desafio

Após vídeos do "desafio quebra-crânio" preocuparem pais de todo o país, um grupo de jovens do Colégio Batista, em Brasília, se mobilizaram para criar uma corrente do bem, alertando os riscos que a brincadeira pode causar.

No desafio, adolescentes filmam e publicam o vídeo em que derrubam um de seus colegas por trás através de uma rasteira. A pessoa que cai, totalmente desprevenida, atinge a cabeça no chão, dando o nome ao desafio: quebra-crânio.

Os riscos dessa brincadeira são diversos. Além de pequenos machucados, como fraturas nos dedos, a prática pode até mesmo levar os jovens a correrem risco de vida, quando o impacto é na cabeça.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Conscientes desse problema, os estudantes brasilienses gravaram uma mensagem de alerta, a fim de mobilizar mais adolescentes a não participarem do desafio.

"Muitas pessoas já se feriram gravemente. Nós nos importamos com o nosso colega e aqui [essa brincadeira] não rola", conta um dos estudantes.

Confira a gravação:

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Após a publicação do vídeo, mais pessoas se motivaram a conscientizar sobre os riscos do desafio. Estudantes do Colégio Batista de Mina Gerais replicaram a gravação de seus colegas de Brasília, aumentando mais ainda a chamada "corrente do bem".

Riscos dos desafios entre os jovens

A apresentadora e atriz adolescente Maisa Silva também se pronunciou sobre a brincadeira através das redes sociais. A jovem relembrou que, quando estava no ensino fundamental, havia outro desafio com riscos letais, onde os estudantes eram desafiados a passar minutos sem respirar.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Foto: Reprodução/Twitter
Foto: Reprodução/Twitter

Em um dos vídeos do desafio quebra-crânio postado na última quarta-feira, o jovem que é derrubado pelos colegas ficou desacordado por alguns minutos, após atingir a cabeça no chão.