PUBLICIDADE

Síndrome do Piriforme: o que é e indicações de tratamento

Condição é identificada por uma dor intensa na região dos glúteos e do quadril; veja o que fazer para aliviar

A Síndrome do Piriforme recebe este nome justamente porque ocorre no músculo piriforme, que fica localizado na região do glúteo, e é identificada por uma dor intensa na região dos glúteos e do quadril.

Ela geralmente acontece quando ocorre um espasmo ou uma contratura na região, que pode acabar irritando o nervo ciático, que passa bem próximo ao músculo piriforme. E essa irritação do nervo provoca grande dor na região glútea e pode acabar irradiando para a parte posterior da coxa, causando formigamento.

Como diagnosticar a Síndrome do Piriforme

O diagnóstico desta condição é feito através da avaliação clínica sintomatológica e também com alguns testes específicos, que têm como objetivo excluir qualquer problema lombar para o diagnóstico final.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Isso é necessário porque muitas pessoas acabam sendo diagnosticadas com a Síndrome do Piriforme quando, na verdade, essa dor está vindo da região da coluna lombar - onde passa a raiz do nervo ciático, causando sintomas parecidos. Portanto, uma avaliação detalhada é de extrema importância.

Tratamentos para Síndrome do Piriforme

A boa notícia é que a Síndrome do Piriforme pode ser evitada através da realização regular de exercícios físicos e de fortalecimento muscular (inclusive de musculatura profunda). Entretanto, quando a patologia já se instalou, o tratamento conservador acaba sendo muito eficaz, incluindo fisioterapia para sair da crise aguda e exercícios para reequilibrar a força da musculatura da região do quadril.

O pilates, por exemplo, é uma opção que ajuda a prevenir e a tratar a condição, sendo peça importante no equilíbrio muscular do quadril. Exercícios de fortalecimento muscular dos estabilizadores do quadril e atividades de mobilidade também são extremamente importantes para diminuir a sobrecarga no piriforme e para que os movimentos sejam mais soltos e naturais.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Benefícios do pilates

Para que serve pilates: técnica trabalha força, resistência e equilíbrio

Saiba como hábito de fazer pilates ajuda no combate à depressão

Pilates ajuda a acabar com a dor na coluna e pescoço: veja como

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)