PUBLICIDADE

Esportes radicais: conheça modalidades, benefícios e riscos

Práticas de aventura exigem bastante do corpo e podem ser perigosas se não forem utilizadas medidas de segurança

Esportes radicais ou de aventura são aqueles que apresentam um grau maior de risco físico, despertando sentimentos de medo e euforia por conter muitos elementos que necessitam de cuidados especiais, como ambiente inóspito, altura e velocidade.

Outra característica dos esportes radicais é que são, em grande parte, praticados na natureza, mas isso não é uma regra, já que existem também os esportes radicais urbanos. Confira alguns exemplos de esportes radicais:

Esportes radicais aéreos

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Esportes radicais aquáticos

Esportes radicais terrestres

Esportes radicais urbanos

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Benefícios dos esportes radicais

É importante ressaltar que esportes radicais não são para todas as pessoas, já que questões como idade, saúde e gostos pessoais podem ser excludentes em algumas atividades específicas. Segundo Hélio Fádel, psiquiatra do esporte, essas práticas são muito atrativas principalmente para quem tem prazer pela adrenalina, pois aproveitam melhor as vantagens proporcionadas pela aventura.

"Os esportes radicais podem ser o caminho para alguém encontrar virtudes e deficiências em si mesmo que eram desconhecidas até então. O autoconhecimento é fundamental", aponta Fádel.

Guilherme Pompermayer, instrutor da Vertaco Esportes Radicais, explica que esses esportes exigem muito foco, atenção aos elementos e estudos minuciosos sobre a prática. Isso permite que a pessoa esteja mais presente, se entregando ao momento e experienciando um descanso mental ao se afastar da rotina.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Essas atividades podem proporcionar ainda: equilíbrio físico e mental, maior controle das emoções, novas amizades e experiências, disposição, conexão com o meio-ambiente, autoconfiança, respeito e foco sobre as regras.

No âmbito físico, esportes radicais apresentam as vantagens comuns às atividades físicas em geral. Estimulam neurotransmissores capazes de proporcionar prazer e bem-estar (como a endorfina, adrenalina e serotonina) e mantêm o corpo e mente em movimento.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Foto:  Vernon Wiley
Foto: Vernon Wiley

Para Pompermayer, a maior vantagem dos esportes radicais está na superação das limitações físicas e mentais. "A pessoa percebe que é possível realizar uma descida de rapel, por exemplo, com segurança e ainda sim apreciar a vista mesmo que esteja com medo".

Como manter a segurança em esportes radicais?

Cada prática tem seus protocolos e regras. Dessa forma, o praticante tem de fazer uso do bom senso acerca de segurança e buscar por conhecimento por meio de cursos e uso de materiais adequados.

Procurar um instrutor e embarcar no exercício com os equipamentos é essencial. Guilherme Pompermayer dá dicas que podem ser úteis para garantir a segurança durante a prática de esportes radicais:

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

"Fazer uso de capacete é fundamental para a prática de mountain bike, skate, rapel e rafting. Só que para cada um destes esportes existe um tipo específico de capacete. Cada esporte tem características muito distintas na sua execução e, portanto, exige equipamentos distintos", destaca o profissional.

Como encontrar o esporte radical perfeito para você?

Experimentar é a única forma. "Procure por empresas que forneçam estrutura para a prática de esportes que mais lhe interessam, observe referências, busque por instrutores certificados, empresas responsáveis e experimente a atividade. Quando um esporte radical despertar a vontade de repetir o feito, daí você terá encontrado o seu esporte", diz o instrutor.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Riscos dos esportes radicais

Os riscos mais comuns dos esportes radicais envolvem lesões físicas graves por conta de quedas, torções e batidas. Há também a possibilidade de a prática se tornar um vício: segundo o psiquiatra, dá-se o nome de "síndrome de overtraining" aos exageros em atividades físicas.

Ele explica que esse mecanismo de dependência geralmente pode ser explicado pelo circuito de recompensa cerebral. O cérebro "registra" que aquela ação é prazerosa e causa bem-estar, demandando mais para que o corpo fique satisfeito.

Outra desvantagem é o alto custo dos materiais (dependendo do esporte), de alguns cursos de especialização e viagens para a prática do esporte escolhido.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)