Saúde
Saúde

  • Saúde geral
  • Exames
  • Contracepção
  • Emagrecer
  • Imunidade
  • Plantas medicinais
  • Sono
  • Vacinas

  • doenças
  • Condições & Sintomas
  • Medicamentos & Tratamentos
Alimentação
Alimentação

  • Alimentação geral
  • Bebidas
  • Nutrientes
  • Plano alimentar
  • Suplemento

  • receitas
  • ingredientes
Beleza
Beleza

  • Beleza geral
  • Cabelo
  • Corpo
  • Maquiagem
  • Pele
  • Procedimento
  • Rosto
  • Unhas
Fitness
Fitness

  • Fitness geral
  • Esporte
  • Exercício
Família
Família

  • Família geral
  • Bebês
  • Gravidez
  • Amamentação
  • Crianças
  • Alimentação infantil
  • Fertilidade
  • Maternidade
Bem-Estar
Bem-Estar

  • Bem-estar geral
  • Comportamento
  • Cuidados com a casa
  • Relacionamento
  • Sexo
  • Vícios

Canais especiais
  • Pele e suas condições
  • Saúde no Inverno
  • Especial Probióticos
  • Especial Hiperpigmentação
  • Agosto Dourado
  • Namore-se
  • Especial Doação de Sangue
  • Especial Coronavírus
  • Especialistas
  • Quem somos
  • Políticas
  • Trabalhe conosco
  • Anuncie aqui
  • Fale conosco
  • Termos de Uso
  • Aviso Legal
  • Uso de Dados
  • Resposta do especialista

    Eu mim identifico com muitos desse sintomas, pensamento de morte, tristeza, e outros são meus pontos fortes, sofro de bipolaridades?

    Especialista consultado Dra. Raquel Baldo Psicologia CRP 79518/SP

    Respondido em 29 de julho de 2014

    bipolaridade trata-se de um quadro oscilante de humor, ou seja, a pessoa não possui somente um único movimento ou sintoma a ser tratado, mas o que merece atençõ é sua mudança continua. Um diagnostico de bipolaridade é mais complexo que apenas confirmar sintomas, requer observação e análise psiquiatrica e psicologica, entendendo quando e como ocorre as oscilaçoes de humor.Mas os sintomas que levantou nesta pergunta me chamaram a atenção e merecem cuidados sim. Pensamentos de morte e tristeza, podem significar outro quadro também merecedor de tratamento, como Depressão ou Ansiedade Elevada...Sugiro que busque um profissional da saúde para te analisar, sendo um psicólogo e/ou um psiquiatra, O profissional em sessão com voce, poderá entender melhor o que está acontecendo, que pensamentos são estes, quando e porque ocorrem e o mais importante te ajudar a controlar e lidar com eles.Espero que fique bem (não exite em buscar ajuda)Atenciosamente

    Especialista consultado Dra. Adriana de Araújo Psicologia CRP 56802/SP

    Sou psicóloga formada pela Faculdade de Ciências e Letras desde 1998. Com validação e equivalência de diploma de psicólo...

    i
    Respondido em 14 de janeiro de 2017

    Os sintomas que você descreve nessa pergunta não são suficientes para uma avaliação completa. Tende a ter ligação com a depressão ou questões físicas que merecem avaliação.
    Procure um médico e psicólogo para ser atendido(a) para compreensão correta do que tem e tratamento. Se for doença física o médico lhe explicará, como alterações hormonais. Se for algo mental, depressão ou bipolaridade o profissional também vai dar as coordenadas de como agir e atual para a cura.
    Aproveito sua pergunta e vou explicar um pouco sobre o tema depressão. Depressão é distúrbio psíquico que determina períodos de tristeza e baixa de energia, tendo como associação questões reais ou imaginários. As vezes, acontecem após uma grande perda, um momento difícil, alguma limitação mais marcante, dificuldade de lidar com a realidade, mudanças e problemas para conseguir se adequar e adaptar.
    Sintomas mais comuns:
    - envolve uma distorção do pensamento (que podem ser confusões sentimentais);
    - baixa de energia;
    - falta vitalidade para agir e pensar;
    - as ideias são mais ligadas a questões passadas e no que já se viveu;
    - perda da concentração no momento presente;
    - normalmente, a dor de algo ruim permanece no presente, como se não houve tido uma “atualização” da mente, e com isso, o que é dor passada, passa a ser vivida como dor presente e sem capacidade de ação, pois o passado não se muda, só a percepção dele;
    - tristeza;
    - pode acontecer choro e angustia;
    - algumas pessoas com depressão relatam sentir muito medo, pois se sentissem desamparadas.
    Os profissionais qualificados e especialistas para o tratamento são: psiquiatras e psicólogos. Em alguns casos se faz necessário o uso de medicamento para combater o problema. E somado a isso, sessões de psicoterapia. Explicando de modo simples e preciso: a medicação ajuda que a mente funcione melhor e as sessões são direcionadas para o encontro do bem estar, a solução de problemas e adaptação ao que se faz necessário.
    Para quem sofre com o problema é fundamental entender quais pontos lhe causam maior preocupação. Como você lida com a ansiedade e problemas do seu dia a dia? Como você tem organizado suas ações para que possa combater a tensão, desânimo e pensamentos negativos?
    Para alívio e cura dos sintomas, sugiro técnicas de relaxamento corporal, respiração, atividade física, hipnose, meditação, psicoterapia e uma boa avaliação com um médico ou psicólogo que será capaz de indicar um tratamento qualificado para você. Uma dessas técnicas, como a hipnose, por exemplo, ou mais quando combinadas e indicadas por um profissional qualificado surtirá efeito na cura e bem estar. Sua melhora virá e os benefícios serão rapidamente sentidos.
    O meu livro: O Segredo Para Vencer a Depressão - Ed. Universo dos Livros, pode ser um bom aliado para o processo e bem estar e cura. Ali você encontrará informações e ferramentas para o bem estar e melhoria pessoal.
    Tenho também no mesmo site: curadalma um áudio de hipnose para combater a depressão e outro para se curar da ansiedade. A ideia é que a pessoa possa ter mais uma ferramenta ou técnica complementar ao tratamento para obter mais rapidamente a cura.
    A depressão tem cura e merece atenção e tratamento.
    Boa sorte! Sucesso naquilo que você busca e até breve!

    Respostas relacionadas ao mesmo tema
    1 Pessoa perguntou

    Existe uma maneira de nos prepararmos para possíveis decepções, sem nos tornarmos pessimistas?

    A forma de se preparar para as decepções é compreender que elas fazem parte da vida, e ter bem claro que assim como temos expectativas e nos decepcionamos com os outros, vamos acabar decepcionando pessoas que colocaram suas expectativas em nós.

    1 Pessoa perguntou

    Por que criamos expectativas que não correspondem a realidade, e consequentemente nos decepcionamos?

    Pode ser por dificuldade em enxergar a realidade como ela é, aceitar as diferenças, ou então ter um alto nível de exigência. 

    1 Pessoa perguntou

    Quais as consequências de não superarmos uma decepção?

    A consequência pode ser passar anos da vida sentindo a dor de algo que não se realizou, e que talvez não se realizará. Sofremos anos pela falta e deixamos passar as outras coisas boas da vida. Lidar com a falta é extremamente difícil, e encarar a de...

    [ Continuar lendo ]
    Publicidade

    Veja também

    Publicidade
    Publicidade