Saúde
Saúde

  • Saúde geral
  • Exames
  • Contracepção
  • Emagrecer
  • Imunidade
  • Plantas medicinais
  • Sono
  • Vacinas

  • doenças
  • Condições & Sintomas
  • Medicamentos & Tratamentos
Alimentação
Alimentação

  • Alimentação geral
  • Bebidas
  • Nutrientes
  • Plano alimentar
  • Suplemento

  • receitas
  • ingredientes
Beleza
Beleza

  • Beleza geral
  • Cabelo
  • Corpo
  • Maquiagem
  • Pele
  • Procedimento
  • Rosto
  • Unhas
Fitness
Fitness

  • Fitness geral
  • Esporte
  • Exercício
Família
Família

  • Família geral
  • Bebês
  • Gravidez
  • Amamentação
  • Crianças
  • Alimentação infantil
  • Fertilidade
  • Maternidade
Bem-Estar
Bem-Estar

  • Bem-estar geral
  • Comportamento
  • Cuidados com a casa
  • Relacionamento
  • Sexo
  • Vícios

Canais especiais
  • Saúde no Inverno
  • Especial Probióticos
  • Pele e suas condições
  • Especial Hiperpigmentação
  • Agosto Dourado
  • Especial Doação de Sangue
  • Especial Coronavírus
  • Especialistas
  • Quem somos
  • Políticas
  • Trabalhe conosco
  • Anuncie aqui
  • Fale conosco
  • Termos de Uso
  • Aviso Legal
  • Uso de Dados
  • Resposta do especialista

    Bocejo em excesso pode ser ansiedade?

    Especialista consultado Dr. Ivan Mario Braun Psiquiatria CRM 57449/SP

    Graduado pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo.Mestre em Medicina pela Faculdade de Medicina da Univer...

    i
    Respondido em 21 de julho de 2015

    Não se conhece exatamente a função do bocejo mas, a maioria dos estudos acredita que se trata de um comportamento social. Em macacos, cães e humanos, o bocejo é contagioso e, possivelmente, está ligado a uma interação que leva todos de um grupo a terem sono ao mesmo tempo. Em crianças autistas, que possuem extrema dificuldade de interação social e de captar as emoções dos outros, o bocejo não é contagioso.O bocejo excessivo está ligado a uma série de possíveis doenças: enxaquecas, aumentos de cortisol (um hormônio ligado ao estresse crônico), alterações neurológicas devidas a lesões cerebrais. Logicamente, também pode ser consequência de noites mal dormidas.Não se conhece nenhuma relação de bocejos excessivos com ansiedade e, na verdade, o bocejo contagioso ocorre, principalmente, quando a pessoa está num ambiente social mais descontraído, entre pessoas mais íntimas. Entretanto, o uso de certos antidepressivos (inibidores de recaptação de serotonina) também está relacionado ao bocejo excessivo.Consultar um neurologista clínico e um psiquiatra pode ser útil e sugiro, mesmo, que diga a eles que há evidências de que o bocejo excessivo pode estar vinculado a doenças neurológicas e algumas medicações, pois há uma real possibilidade de que eles não tenham este conhecimento e acreditem que seja algo necessariamente normal ou ligado, apenas, a problemas de sono.

    Especialista consultado Dr. Dirk Belau Psicologia CRP 06/117170/SP

    Sou psicoterapeuta com método humanista "centrado na pessoa," e psicanalista. Psicólogo pela UNB (Universidade de Brasíl...

    i
    Respondido em 22 de julho de 2015

    pode. O comportamento, sempre vale analisar pelo significado social dele. O bocejo anuncia uma necessidade ou um desejo de sono. Sono significa virar as costas ao mundo. Então, um excesso de bocejo pode expressar este desejo que, ele, se explicaria por ansiedade. Já que você faz a pergunta, você deve estar sabendo. Pois você não perguntou: como se explica um excesso de bocejo? Mas você nos fala da (sua?) ansiedade.O quê você quer: diminuir os bocejos ou diminuir a ansiedade? O que não vai dar certo é reduzir a ansiedade por reduzir os bocejos. Pois estes são só uma expressão da ansiedade. Se você quer diminuir os bocejos sem mudar a ansiedade, precisa levar em consideração outros motivos dos bocejos, inclusive inconscientes. Por exemplo o desinteresse nas pessoas com quem você está. Alguns bocejadores expressam este desinteresse omitindo tampar a boca quando bocejam. Espero que você não seja um@ del@s. Desinteresse pode ser um tipo de ansiedade.

    Respostas relacionadas ao mesmo tema
    Paloma perguntou

    Queria orientação sobre um anticoncepcional que não engorde, evite espinha, não provoque trombose?

    Para quem já tem problemas circulatórios, uso de hormônio não é aconselhado. Mas o anticoncepcional não é um vilão. O hormônio deve ser utilizado com orientação de um ginecologista e a mulher, que precisa fazer uso, deve tomar a dosagem de acordo com...

    [ Continuar lendo ]
    1 Pessoa perguntou

    Posso combinar o suco da aloe vera (babosa) em jejum já que uso lazomprazol de 30mg todos os dias também em jejum?

    Use em tempos diferentes porque é melhoe.Mesmo produtos chamados naturais podem interferir com medicamentos.

    1 Pessoa perguntou

    Venho fazendo uso do suco da babosa para tratamento do refluxo, mais algumas semanas venho tendo dores de cabeça! Pode ser a Babosa?

    É difícil afirmar que a Babosa cause as dores de cabeça, mas recomendo que suspenda a ingestão do suco e verifique se melhora a dor.

    Publicidade

    Veja também

    Publicidade
    Publicidade