Saúde
Saúde

  • Saúde geral
  • Exames
  • Contracepção
  • Emagrecer
  • Imunidade
  • Plantas medicinais
  • Sono
  • Vacinas

  • doenças
  • Condições & Sintomas
  • Medicamentos & Tratamentos
Alimentação
Alimentação

  • Alimentação geral
  • Bebidas
  • Nutrientes
  • Plano alimentar
  • Suplemento

  • receitas
  • ingredientes
Beleza
Beleza

  • Beleza geral
  • Cabelo
  • Corpo
  • Maquiagem
  • Pele
  • Procedimento
  • Rosto
  • Unhas
Fitness
Fitness

  • Fitness geral
  • Esporte
  • Exercício
Família
Família

  • Família geral
  • Bebês
  • Gravidez
  • Amamentação
  • Crianças
  • Alimentação infantil
  • Fertilidade
  • Maternidade
Bem-Estar
Bem-Estar

  • Bem-estar geral
  • Comportamento
  • Cuidados com a casa
  • Relacionamento
  • Sexo
  • Vícios

Canais especiais
Canais especiais

  • Especial Queda e Afinamento Capilar
  • Sinais Raros
  • Especial Coronavírus
  • Especial Doação de Sangue
  • Especialistas
  • Quem somos
  • Políticas
  • Trabalhe conosco
  • Anuncie aqui
  • Fale conosco
  • Termos de Uso
  • Aviso Legal
  • Uso de Dados
  • Resposta do especialista

    Um transtorno de ansiedade pode virar depressao?

    Especialista consultado Dra. Vanessa Giaretta Psicologia CRP 07/18231/RS

    Psicóloga graduada pela PUCRS (2007/2) e Pedagoga graduada pela UFRGS (2010). Especialista em Psicoterapia de Orientação...

    i
    Respondido em 3 de março de 2016

    Primeiramente, é preciso ter claro que um Transtorno de Ansiedade Generalizada não é a mesma coisa que um Transtorno Depressivo. No entanto, um quadro de ansiedade intensa traz prejuízos na vida em geral da pessoa. Como todo problema não resolvido que gera sofrimento, um quadro assim pode produzir sintomas como tristeza, desanimo, dificuldades para dormir, perda da esperança, falta de interesse em trabalhar, namorar e até viver. Esses sintomas, entre outros, quando duram mais do que duas semanas já configuram uma Depressão. Portanto, se você não está legal, anda ansioso, nervoso, agitado, não espere a situação se agravar e virar uma bola de neve . Busque logo ajuda de um profissional da Psicologia!

    Especialista consultado Dra. Adriana de Araújo Psicologia CRP 56802/SP

    Sou psicóloga formada pela Faculdade de Ciências e Letras desde 1998. Com validação e equivalência de diploma de psicólo...

    i
    Respondido em 12 de setembro de 2016

    Questões emocionais não resolvidas podem variar o quadro e diagnóstico. Transtorno de ansiedade não é igual ao quadro depressivo. Mas tudo que não é resolvido na mente, pode gerar outro problemas. Vou explicar melhor separando os pontos. Veja a baixo as ideias sobre os dois temas. A diferença entre depressão e ansiedade: Depressão: envolve uma distorção do pensamento e baixa de energia. Falta vitalidade para agir e pensar. As ideias são mais ligadas a questões passadas e no que já se viveu. Normalmente, a dor de algo ruim permanece no presente, como se não houve tido uma “atualização” da mente, e com isso, o que e’ dor passada, passa a ser vivida como dor presente e sem capacidade de ação, pois o passado não se muda, só a percepção dele. A tristeza é um dos sintomas. Pode acontecer choro e angustia. Algumas pessoas com depressão relatam sentir muito medo, pois se sentem desamparadas. Ansiedade: preocupação com o futuro, com o que esta por vir. É como se a mente estivesse fora do tempo correto; ao invés de viver no presente e nas suas consequências atuais, a pessoa vive uma vida imaginaria negativa do que poderia acontecer. E, claro, na maior parte das vezes, essas ideias nunca se concretizam. O sofrimento vem de não saber mudar um pensamento, com isso, a pessoa sofre no presente toda a angustia de um futuro imaginado, incerto e inseguro. Ansiedade também é caracterizada pelo excesso de energia e desequilíbrio. Grande agitação interna, insegurança e mal estar. Alguns autores dizem que ansiedade e medo são a mesma coisa, afinal, sentir medo e’ uma sensação mais ligada ao futuro e com isso, o que pode acontecer do que de fato o que já esta acontecendo no momento. É comum quem sofre de depressão também sofrer de momentos de ansiedade e vice versa, justamente por serem sentimentos opostos, a pessoa, na tentativa de equilibrar-se acaba oscilando entre um sintoma e outro, muita energia x baixa energia, pensamentos do passado x pensamento do futuro. A angústia está tanto em um quanto no outro. Quem sofre de ansiedade ou depressão pode ter os sintomas do medo mais forte e percebe-los piores, justamente pela dificuldade de focar a atenção no presente e ser capaz de agir com o que se tem no momento. No meu site curadalma você encontrará informações úteis para o seu tratamento, como livros, áudios de hipnose, dicas e exercícios para a cura e bem estar. Busque ajuda e orientação específica para a cura do que precisa. Sucesso e até breve!

    Respostas relacionadas ao mesmo tema
    Paloma perguntou

    Queria orientação sobre um anticoncepcional que não engorde, evite espinha, não provoque trombose?

    Para quem já tem problemas circulatórios, uso de hormônio não é aconselhado. Mas o anticoncepcional não é um vilão. O hormônio deve ser utilizado com orientação de um ginecologista e a mulher, que precisa fazer uso, deve tomar a dosagem de acordo com...

    [ Continuar lendo ]
    1 Pessoa perguntou

    Posso combinar o suco da aloe vera (babosa) em jejum ja que uso lazomprazol de 30mg todos os dias tambem em jejum??

    Use em tempos diferentes porque é melhoe.Mesmo produtos chamados naturais podem interferir com medicamentos.

    1 Pessoa perguntou

    Venho fazendo uso do suco da babosa para tratamento do refluxo, mais algumas semanas venho tendo dores de cabeça! Pode ser a Babosa?

    É difícil afirmar que a Babosa cause as dores de cabeça, mas recomendo que suspenda a ingestão do suco e verifique se melhora a dor.

    Publicidade

    Veja também

    Publicidade
    Publicidade