PUBLICIDADE

Conheça sete inovações tecnológicas para monitorar sua saúde

Com eles, controlar o peso, o diabetes ou a pressão já faz parte da rotina

A tecnologia pode ser mais uma aliada na hora de monitorar a saúde. As novidades vão desde monitores de pressão arterial que são acoplados aos celulares de última geração, aparelhos que lembram a mulher de realizar o auto-exame de mama, balanças que calculam o IMC e até aparelhos que combatem a acne. "Todos eles têm suas peculiaridades e se baseiam em conceitos fisiológicos das áreas que atendem (nutrição, fisiatria, cardiologia, endócrino) e, certamente, contaram com aval de especialistas para seu desenvolvimento. No entanto, a questão é como devemos usá-los", ressalta a médica Denise de Cássia Moreira Zornoff, do Núcleo de Avaliação de Tecnologias em Saúde do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Botucatu, da Unesp.

Segundo a especialista, os equipamentos portáteis podem ser importantes aliados dos profissionais de saúde no monitoramento de seus pacientes, mas não substituem a necessidade dos exames clínicos e de equipamentos mais sensíveis para a fase de diagnóstico e nem das consultas regulares para a fase de acompanhamento. "Além disso, todo e qualquer equipamento ligado à área da saúde, precisa ter passado por rigoroso controle de qualidade antes de ser colocado no mercado, incluindo algumas certificações por agências reguladoras de cada país. No Brasil, a Anvisa e os Núcleos de Avaliação de Tecnologias em Saúde tem importante ação neste sentido", adverte Denise. A profissional recomenda alguns cuidados na hora de utilizar estes "gadgets":

1. Certifique-se que o equipamento tem uso autorizado no Brasil

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

2. Informe ao seu médico sobre sua intenção de adquiri-lo e consulte-o sempre que os resultados estiverem fora dos limites da normalidade

3. Nunca use os resultados destes monitoramentos eletrônicos como substitutos da avaliação regular de saúde

4. Nunca faça automedicação

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

De acordo com Denise Zornoff, como a maioria dos aparelhos oferecem respostas "acessíveis e diretas", o maior risco é o usuário tentar o autodiagnóstico e o autotratamento. "Eles podem ser ótimos aliados do monitoramento de alguns sinais, mas não devem ser usados sozinhos e sem supervisão", adverte a especialista.

Cue - Foto: divulgação
Cue - Foto: divulgação

O aparelho Cue, da Avie, é um pequeno dispositivo eletrônico que lembra as mulheres de realizarem o auto-exame para câncer de mama. À prova d'água, ele pode ser fixado na parede do chuveiro e apita sete dias após o período menstrual. Esse é o período ideal para realizar o auto-exame de mama, pois nesta fase os seios estão menos inchados. Além disso, o aparelho lembra quando deve ser realizadas as consultas com o ginecologista.

Balança Withings - Foto: divulgação
Balança Withings - Foto: divulgação

Além de medir seu peso, a balança Withings mede sua massa de gordura, IMC e envia todos esses dados para o seu computador ou para o iPhone. Com ela, você pode checar suas medidas e acompanhar sua evolução. A balança tem bastante precisão e consegue reconhecer até oito usuários. Através de qualquer conexão a Internet, inclusive via iPhone, pelo aplicativo WiScale, é possível receber uma representação gráfica que contém todos os dados medidos, de peso a gordura corporal. Quando conectada ao software Calories 2, a Withings possibilita que você relacione os seus dados com os seus hábitos alimentares, suas atividades físicas e objetivos pessoais.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

iBGStar Diabetes Manager - Foto: divulgação
iBGStar Diabetes Manager - Foto: divulgação

O aplicativo do iPhone batizado de "iBGStar Diabetes Manager" lhe permite registrar, acompanhar e monitorar suas informações relativas ao diabetes. O plug-in é um medidor de glicose que também faz controle do consumo de carboidratos e das doses de insulina. Ele se conecta ao iPhone e ao iPod Touch para você controlar o seu diabetes. Além disso, os seus dados podem ser impressos ou compartilhados por e-mail com o seu profissional de saúde para uma maior flexibilidade na gestão da sua diabetes.

Fitbit - Foto: divulgação
Fitbit - Foto: divulgação

O dispositivo Fitbit serve para monitorar suas atividades físicas diárias. Ele calcula quantas calorias foram queimadas, os passos dados por você e a distância percorrida. O aparelho conta com um sensor de movimento em 3D como o encontrado no Nintendo Wii, captando suas faixas de movimento em três dimensões e as convertendo em informações úteis sobre seus exercícios. Assim, você pode ajustar o treino para conseguir o seu objetivo. Você pode usar o Fitbit em sua cintura, no bolso ou em roupas íntimas. À noite, você pode usá-lo, a fim de acompanhar o seu sono.

Blood pressure monitor - Foto: divulgação
Blood pressure monitor - Foto: divulgação

O monitor de pressão arterial da Withings foi feito para ser conectado ao iPod, iPhone e iPad. Junto com um aplicativo baixado, ele cria um gráfico das medições da sua pressão e compara com os valores recomendados pela OMS. O controle da pressão arterial feito por você algumas vezes ao dia pode ajudar o seu médico a verificar se você tem hipertensão e, até mesmo, analisar se o seu tratamento está sendo eficaz.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

iPhonECG - Foto: Divulgação
iPhonECG - Foto: Divulgação

O iPhonECG conta com eletrodos que possuem a capacidade de fazer a leitura da frequência cardíaca, gerando um eletrocardiograma. Aclopado ao iPhone, ele transmite as informações obtidas diretamente para o celular. Para usar, basta ativar o aplicativo e, utilizando as duas mãos, colocar o dispositivo sobre o peito.

Zeno Hot Spot - Foto: Divulgação
Zeno Hot Spot - Foto: Divulgação

Zeno Hot Spot é um pequeno aparelho para combater espinhas. Este dispositivo emite calor ao ser colocado a alguns centímetros da acne para destruir a bactéria causadora da espinha. O tratamento é realizado em dois minutos e meio e pode ser repetido mais de uma vez. Além de diminuir a inflamação da espinha, ele promete sumir com, pelo menos, 90% da mancha causada pela acne em 24 horas.