PUBLICIDADE

Ondulações após implante de silicone podem ser revertidas

Efeito rippling acomete principalmente mulheres muito magras com pouco tecido mamário

Quando as próteses de silicone não ocupam 100% do espaço a ser preenchido, pode ocorrer o efeito rippling, considerado um aspecto enrugado na lateral do seio. Pode ocorrer após a colocação da prótese de silicone, abaixo do músculo peitoral, ou seja, subglandular. Para melhor adaptação, o corpo produz um tecido fibroso ao redor do mesmo chamado cápsula. Devido à pouca espessura dos tecidos entre a pele e o implante, a prótese e a cápsula podem ser apalpadas e resultar no efeito rippling.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

A olhos vistos são pequenas ondulações ou dobras que parecem estrias internas. Essas dobras se tornam mais perceptíveis quando a paciente se abaixa, inclinando seu tronco pra frente. Pode se apresentar em qualquer área da mama, porém é mais frequente na região lateral. Pacientes muito magras, com pouquíssimo tecido mamário (glândula), com pele flácida ou atrófica e com implantes de muito tempo são mais suscetíveis a sofrer com esse problema estético.

Mas atualmente já é possível evitar o efeito rippling. Devido ao cruzamento das cadeias dos polímeros de silicone, o preenchimento do implante é feito de um material mais firme e aderente, o que visa manter a estabilidade da forma da prótese, fazendo com que o implante não faça rugas quando ocorrer a mudança postural do corpo.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Caso o resultado negativo já tenha se formado, é possível reparar o efeito de enrugamento com o enxerto de gordura (lipoenxertia). O procedimento pretende melhorar o aspecto da região. Retira-se uma determinada quantidade de gordura da própria paciente, depois é realizado o processo de centrifugação para purificação para ser injetado o material na região afetada, aumentando a espessura do tecido subcutâneo da área.

Com esse procedimento, as ondulações da pele vão se tornar mais espessas até sumir. A outra solução mais efetiva é retirar o implante que esteja no plano subglandular ou subfascial e alojá-lo no plano submuscular, ou seja, na região do músculo peitoral. O implante submuscular tem menos incidência de rippling, sendo o mais indicado para pacientes muito magras.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)