Brasil pode ter vacina única contra gripe e COVID-19

Iniciativa do Instituto Butantan pode aumentar o ritmo da vacinação e diminuir os gastos das campanhas de imunização no país

Dimas Covas, atual presidente do Instituto Butantan, em São Paulo, anunciou recentemente que o centro de pesquisas já está estudando a criação de uma vacina única contra a gripe e a COVID-19. De acordo com ele, o desenvolvimento do novo imunizante tornaria a vacinação geral da população mais prática, rápida e barata.

O estudo está em fase de prova de conceitos e, por enquanto, não há previsão para o início dos testes clínicos. Apesar disso, espera-se que a criação dessa vacina, além de acelerar o processo de vacinação, diminuiria os custos do Programa Nacional de Imunizações (PNI), do Ministério da Saúde.

Enquanto aguarda os próximos passos da pesquisa, o Instituto Butantan adianta que a junção de vacinas é uma técnica eficaz e segura, utilizada em outros imunizantes que já são aplicados na população. É o caso da tetra viral, que protege contra o sarampo, caxumba, rubéola e varicela. Outras vacinas combinadas aplicadas no Brasil são: tríplice viral, tríplice bacteriana, penta bacteriana acelular, hexa acelular, entre outras.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Vacinação contra a gripe

Atualmente, a vacina contra gripe produzida pelo Butantan é trivalente, ou seja, é eficaz contra três tipos de cepa do vírus influenza. Em 2021, a campanha de imunização contra a doença está sendo realizada paralelamente à campanha contra o novo coronavírus. Segundo o PNI, devem tomar a vacina da gripe prioritariamente:

Vacinação contra a COVID-19

Em 2020, com o início da pandemia global causada pelo coronavírus, a corrida pela criação de uma vacina contra a COVID-19 foi um dos assuntos mais comentados mundialmente. Junto com diversas medidas de proteção, como o uso de máscaras e o distanciamento social, a vacinação é a forma mais eficaz e segura para controlar a pandemia e a transmissão do vírus.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

No Brasil, até o momento, quatro vacinas foram autorizadas pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa):

A partir da relação dos grupos prioritários para a imunização, que vem sendo estipulada pelo Ministério da Saúde, cada estado e município brasileiro também tem autonomia para montar seu esquema de vacinação. Atualmente, segundo os dados do consórcio de veículos de imprensa, mais de 11% da população brasileira está totalmente imunizada (com as duas doses tomadas) contra a COVID-19.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Leia mais

Gripe x coronavírus: saiba as diferenças e como se prevenir

Vacina contra gripe tem algum efeito para a COVID-19? Entenda

Vacina da Janssen: o que você precisa saber sobre o imunizante

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)