1 pessoa perguntou:

Estou a tomar escitalopramclamed 10mg dsd sábado foi m receitado p ansiedade social e ansiedade no geral posso beber alcool e fumar e erva?

  • Respondido em 21/01/2018
    Tonina Miraglia Psicologia - CRP 06/17616/SP
    Olá,

    Minha resposta é, não.
    Considerando minha formação, o que aprendi, estudando e pesquisando, minha experiência clínica e o que ouvi de colegas e professores, só posso responder: Não.
    Vou dar algumas explicações, e você vai ter oportunidade de chegar às suas próprias conclusões.

    O Oxalato de Escitalopram é um medicamento do grupo dos antidepressivos, que age no cérebro e funciona como inibidor da recaptação de Serotonina, que é um importante neurotransmissor, corrigindo as concentrações inadequadas desse neurotransmissor, para que ela fique disponível e exerça sua função.
    A Serotonina, entre outros, tem o papel de regular o sono, o humor, a sexualidade, aliviar dores, TPM e dar saciedade.
    Quando a Serotonina é insuficiente e esse resultado está somado a outros fatores, podemos encontrar diversos Transtornos e dentre eles, a Ansiedade Generalizada e a Fobia Social, que compõem o diagnóstico que seu médico concluiu.

    Considerando essa breve introdução, percebemos que o Oxalato de Escitalopram é uma substância psico ativa, ou seja, substância que ativa a psiquê, com o objetivo de tratamento.

    Não temos ainda comprovação de que o Oxalato de Escitalopram potencialize os efeitos do álcool, mas o consumo das duas substâncias simultaneamente, não é recomendável.
    Vamos entender o porque.

    Já descrevemos a função do medicamento, ele pode ser chamado de "regulador de humor", trata das consequências que seu descontrole pode trazer e concluímos que ele é psico ativo, como um estimulante das atividades do Sistema Nervoso Central (antidepressivo).
    O álcool é um depressor do Sistema Nervoso Central, portanto, psico ativo.
    Quando você diz "a erva" podemos supor que está falando de maconha?
    A maconha é perturbadora do Sistema Nervoso Central, portanto, psico ativa.

    Se considerar a ação dos três psico ativos (das atividades do SNC), você vai encontrar: um que levanta, outro que deprime e outro que perturba.
    Como podemos prever o que vai acontecer com seu cérebro?
    Provavelmente ele vai ficar prejudicado, concorda?

    Recomendo que tome o medicamento, para tratar o problema que está te afligindo, a Ansiedade.
    Se enfrentar crise de abstinência por não ingerir álcool ou usar maconha, recomendo que busque ajuda no médico que está te tratando, ou na rede pública, ou nos consultórios particulares, junto à especialistas em saúde mental.

    Concluindo, dê prioridade ao tratamento com Oxalato de Escitalopram.
    Sem dúvida, é o melhor que tem a fazer, nesse momento.
    Trate sua Ansiedade e viva melhor.

    PUBLICIDADE
  • Respondido em 22/01/2018
    Olá,

    Nenhum remédio deve ser utilizado junto com bebidas alcoólicas ou "ervas".
    Principalmente as medicações psiquiátricas, pois podem ter reações muito graves relacionadas aos sintomas ou crises psicóticas e/ou paranóicas.

  • Respondido em 27/01/2018
    Dirk Belau Psicologia e Psicanálise - CRP 06/117170/SP
    Olá,

    o seu uso da palavra "erva" me indica que você não está no Brasil, onde esta palavra não é comum. No Brasil, o uso da maconha é proibido. De toda maneira, respondo aos aspetos psicológicos da sua pergunta, independentemente dos legais. Também não convêm responder uma pergunta dessas no nível químico, pois a resposta não seria clara o suficientemente para orientar a sua prática. Você precisa falar para o seu psiquiatra do seu uso de alcool e cannabis. Talvez ele tenha conhecimentos químicos a respeito.

    Geralmente falando, se você tem ansiedade social e já não conseguiu diminui-la suficientemente com a erva e com alcool, pouco há de se esperar do remédio. Mas sempre vale a pena tentar. Porém, se você sentir efeitos segundários, leve-os a sério e não se entregue a mais uma substância a toa.

    Para melhorar a sua vida, a via química pode não ser suficiente. Ai, recomendo uma psicoterapia de diálogo, ou seja humanista ou psicanalítica. Ela vai lhe servir para se fortalecer internamente, talvez tomar decisões importantes para mudar de estilo ou até rumo de vida, melhorar as suas relações com outras pessoas, e outras mudanças no seu arcabouço mental. Sem poder antecipar muita coisa, em geral pode-se dizer que você deve estar com um problema de autoridade, tipo maus tratos ou abandono emocional sofridos na infância. Muitas vítimas de experiências dessas não se dão conta ou dos fatos vividos ou do que eles significam na vida adulta. Assim vale a pena explorar esta via mesmo sem visão clara do porque precisar dela.

    PUBLICIDADE