PUBLICIDADE

Otite externa: causas, tratamento e como prevenir

Descubra o poder de um sorriso.
Participe da newsletter

Preencha os campos* abaixo.
X

*Ao concluir, você concorda com a nossa Política de Privacidade e aceita receber novidades do Minha Vida e seus parceiros.

Cadastro efetuado com sucesso!

Visão Geral

O que é Otite externa?

A otite externa (CID 10 - H60) é uma infecção no canal auditivo externo, que pode acometer desde a porção mais externa da membrana do tímpano até o pavilhão auricular comumente chamado de orelha.

Trata-se de uma infecção bacteriana originária da superfície do ouvido e que invade a profundidade da pele.

Uma das causas da otite externa é o acúmulo de água no canal auditivo, pois o ambiente úmido auxilia o crescimento bacteriano. Por isso, a otite externa também pode ser chamada de ouvido de nadador ou do surfista.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Além disso, colocar os dedos, cotonetes ou outros objetos nos ouvidos pode danificar a fina camada de pele que reveste o canal auditivo, causando este tipo de infecção.

O tratamento para otite externa costuma envolver uso de analgésicos para aliviar a dor e antibióticos para eliminar a bactéria.

Remédios caseiros também funcionam, mas é preciso cuidado na hora de escolher o tratamento feito em casa.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Sintomas

Sintomas de Otite externa

A otite externa apresenta como sintomas dor intensa, que pode ficar pior ao tocar a orelha. Outros sintomas incluem:

Visão Geral

Causas

A otite externa é uma infecção que é normalmente causada por bactérias encontradas na pele - microrganismos que vivem nas mãos da própria pessoa. Há casos de otites externas que são causadas por fungos ou vírus.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Quando a otite externa ocorre, um dos fatores que contribuem é algum problema nas defesas naturais dos canais auditivos externos do ouvido.

Em cada um de nós há glândulas que secretam uma substância cerosa (cerume), que a partir das secreções eliminadas formam uma fina película impermeável sobre a pele dentro de seu ouvido que recolhe a sujeira, células mortas e outros organismos.Por ser uma substância ácida, também protege do crescimento de bactérias

Fatores de risco

Para que a bactéria atinja o canal auditivo interno, alguns fatores de risco contribuem. São eles:

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Diagnóstico e Exames

Diagnóstico de Otite externa

O médico provavelmente irá diagnosticar a otite externa com base na análise dos seus sintomas. Dependendo da avaliação inicial, a gravidade dos sintomas ou o estágio da otite externa.

Se a infecção não responde ao tratamento, pode ser retirada uma amostra de secreção da orelha para análise em laboratório.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Tratamento e Cuidados

Tratamento de Otite externa

Medicamentos analgésicos, podem ser usados para aliviar a dor de ouvido. Além disso, o médico ou médica pode receitar um medicamento em gotas para utilizar diretamente no ouvido. Algumas medidas podem tomadas em casa para ajudar a tratar otite externa, como fazer uma bolsa de água quente para encostar na orelha afetada e aliviar a dor.

Em casos graves, o canal auditivo deve ser cuidadosamente limpo por um otorrinolaringologista. Às vezes, se o canal auditivo está muito inchado, pode ser aplicado um antibiótico local. Por vezes é necessária a internação hospitalar para uso de antibióticos mais fortes, principalmente em pacientes com baixa resistência geral (diabéticos, imunossuprimidos etc).

Medicamentos para Otite externa

Os medicamentos mais usados para o tratamento de otite externa são:

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

É importante lembrar, porém, que só um médico pode dizer qual o medicamento mais indicado para o seu caso, bem como a dosagem correta e a duração do tratamento.

Siga sempre à risca as orientações do seu médico e NUNCA se automedique.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Não interrompa o uso do medicamento sem consultar um médico antes e, se tomá-lo mais de uma vez ou em quantidades muito maiores do que a prescrita, siga as instruções na bula.

Diagnóstico e Exames

Buscando ajuda médica

Se você observar sintomas de otite externa, busque atendimento de emergência se houver ou marque uma consulta com um médico. Os sintomas para prestar atenção são::

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Especialistas que podem diagnosticar otite externa são:

Convivendo (prognóstico)

Convivendo/ Prognóstico

Durante o tratamento de otite externa, é importante manter os ouvidos secos e evitar irritações. Por isso, siga as recomendações:

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Complicações possíveis

A otite externa, geralmente, é curada sem grandes problemas. No entanto, algumas complicações podem ocorrer:

Prevenção

Prevenção

Mantenha os ouvidos secos

Seque as orelhas cuidadosamente após exposição à umidade. Seque apenas o ouvido externo, limpando-o lenta e suavemente com uma toalha macia ou pano. Coloque a cabeça para o lado, para facilitar a limpeza. Você também pode usar um secador de cabelo nos ouvidos.

Cuidados ao nadar

Evite nadar em águas contaminadas ou piscinas que não estão corretamente higienizadas. Após a natação, enxugue os ouvidos com uma toalha.

Evite colocar objetos no ouvido

Não tente limpar a cera do ouvido usando cotonetes, dedos, clips ou grampo de cabelo. Esse hábito pode danificar o material mais profundo do canal auditivo, irritar e romper a pele dentro do ouvido, aumentando o risco de infecções.

Proteja seus ouvidos de substâncias irritantes

Coloque bolas de algodão nos ouvidos durante a aplicação de produtos como sprays de cabelo e tinturas de cabelo.

Tenha cuidado após uma infecção ou procedimento

Se você sofreu recentemente com uma infecção no ouvido ou fez um procedimento da orelha, fale com o médico ou médica antes de ir nadar.

Referências

Revisado por: Prof. Dr José Ricardo Gurgel Testa, otorrinolaringologista do Hospital Paulista - CRM SP 54308

Clínica Mayo