Capriche no cardápio que previne a TPM

Como uma dieta adequada e a adoção de alguns hábitos podem reduzir esses sintomas

POR CAROLINA SERPEJANTE - PUBLICADO EM 02/03/2011

Quem sofre com a tensão pré-menstrual (TPM) sabe que os sintomas podem atrapalhar grande parte da sua rotina. O que poucas pessoas sabem é que a alimentação também pode interferir significativamente no agravamento ou alívio dos incomodos, que incluem inchaço, dores nos seios, enjoos, dores de cabeça, prisão de ventre e câimbras.

Existem mulheres com um grau de TPM mais intensos, conhecido como disforia pré-menstrual. O endocrinologista Filippo Pedrinola explica que, nesses casos, além de todos os cuidados alimentares, pode ser necessário o uso de alguma medicação especifica, que apenas o médico poderá indicar.

"Além disso, praticar exercícios físicos regulamente ajuda muito a aumentar os níveis de serotonina, diminuindo os sintomas da TPM", diz Fillipo. A seguir, você fica sabendo qual é o cardápio aliado (e o inimigo) no combate à tão temida TPM: 

1.Cálcio: Uma pesquisa realizada na Universidade de Massachussetts, nos EUA, afirma que mulheres que não sofrem de TPM tem uma dieta mais rica em cálcio do que aquelas que sofrem. Isso porque o cálcio diminui a contração muscular do útero e a retenção de líquidos. Por esses motivos, o mineral seria capaz de aliviar sintomas como cólicas, dor nas costas e até o nervosismo. Você pode encontrar o cálcio no leite e seus derivados e nos vegetais e folhas verde-escuras, como couve e brócolis.

Seu peso dos sonhos é ideal para você?

Responda a avaliação e descubra se seu peso atual e sua
meta de emagrecimento são saudáveis.

Este conteúdo ajudou você?
Sim Não