Sete temperos naturais que você precisa experimentar

Substitua o sal e o açúcar das suas receitas por sementes, ervas e raízes

POR CAROLINA SERPEJANTE - PUBLICADO EM 07/08/2012

Temperos naturais são conhecidos por oferecem uma alternativa mais saudável ao excesso no uso de sal ou a formas de preparo prejudiciais à saúde - um refogado à base de ervas, por exemplo, pode ser bem mais saboroso do que uma fritura. "Os temperos naturais realçam o sabor do prato e acrescentam mais nutrientes, como ferro, vitaminas e fibras, sem aumentar quantidade de gordura", diz o nutrólogo Roberto Navarro, da Sociedade Brasileira de Nutrologia, de São Paulo. Muita gente torce o nariz para os sabores mais conhecidos, como coentro ou pimenta do reino, e, por não gostar deles, acaba deixando temperos naturais de lado. Mas que tal dar uma segunda chance para o seu paladar e experimentar temperos diferentes que, provavelmente, você nunca usou, mas que trazem benefícios à saúde.

Pimenta síria

Composta de pimenta da Jamaica, pimenta do reino, cravo da Índia e noz moscada, a pimenta síria é muito utilizada em pratos árabes, mas também pode ser acrescentada a carnes e sopas. Pesquisadores da Faculdade de Medicina de Harvard (EUA) afirmam que as pimentas contêm uma substância chamada capsaicina, capaz de prevenir o acúmulo de gordura abdominal. De acordo com o estudo, as pimentas são termogênicos naturais: sua ingestão eleva a temperatura do organismo, o que pode aumentar o gasto calórico. Os resultados foram publicados no periódico Digestive Diseases and Sciences. De acordo com o nutrólogo Roberto Navarro, da Associação Brasileira de Nutrologia, a capsaicina também possui um efeito anti-inflamatório, ajudando a tratar infecções.

Uma pesquisa realizada na Universidade Miguel Hernández, na Espanha, demonstrou o cravo-da-índia é um potente antioxidante, combatendo os radicais livres e prevenindo o envelhecimento. "Já a noz moscada está presente no tempero apenas para dar sabor e aroma a preparação, não tendo benefícios diretos à saúde", diz o nutrólogo.

Este conteúdo ajudou você?
Sim Não