Sete dicas para deixar sua feijoada mais light

Evitar fritar as carnes e substituir o bacon já reduz as calorias da refeição

POR LAURA TAVARES - ATUALIZADO EM 08/05/2017

Típico prato brasileiro, a feijoada é uma das poucas refeições que consegue ser servida tanto nos mais simples self-services quanto nos mais requintados restaurantes. Saborosa, ela conta com a dupla imbatível arroz com feijão e, de quebra, é servida acompanhada de opções como a couve e a laranja, fontes de vitaminas do complexo B, vitamina C, ácido fólico, cálcio e ferro. Segundo o nutrólogo Paulo Henkin, da Associação Brasileira de Nutrologia (Abran), a feijoada é uma fonte riquíssima de nutrientes, mas também costuma oferecer muitas calorias. Então que tal deixá-la mais light? Aproveite nossas dicas para consumir essa delícia sem culpa.

Couve

A forma menos calórica de consumir a couve é in natura, mas a alternativa pode não agradar o paladar. "Neste caso, prepare o vegetal no vapor", sugere a nutricionista Daniela Cyrulin, da clínica Nutri & Consult, em São Paulo. Para realçar o sabor, utilize ervas frescas, como manjericão e alecrim. A tradicional preparação refogada não é recomendada, já que costuma levar óleo ou manteiga, que adicionam muitas calorias ao alimento.