Saiba como preparar sopas que ajudam a emagrecer

Veja quais ingredientes priorizar, quais evitar, as melhores combinações e os cuidados ao preparar uma sopa saudável e magra

POR ESPECIALISTAS - PUBLICADO EM 28/07/2014

O inverno é o momento ideal para se aquecer comendo aquela saborosa sopa. Este prato, além de delicioso, também pode te ajudar na perda de peso. Confira as dicas de especialistas sobre quais as melhores combinações, quais ingredientes utilizar e evitar e os cuidados necessários para preparar uma sopa magra. Aproveite e veja ótimas receitas de sopas aliadas da dieta.  

Combinações

É essencial que uma sopa saudável e que ajude a perda de peso seja uma refeição completa. "Por isso, ela deve ter uma fonte de carboidratos, como arroz, macarrão e batata, uma fonte de leguminosas, como feijão, ervilha e soja, uma proteína, pode ser vegetal ou animal, e vegetais coloridos, como brócolis, chuchu, beterraba, couve, entre outros", orienta a nutricionista Vivian Ragasso, do Instituto Cohen de Ortopedia, Reabilitação e Medicina do Esporte.

Para que a receita não ganhe muitas calorias, não inclua dois carboidratos na mesma sopa, como mandioquinha e batata ou batata e croutons.

Evite fazer sopas com apenas um ingrediente, como a de mandioquinha. Isto porque ela terá menos nutrientes do que as versões com mais alimentos, além disso, aquelas que levam somente carboidratos de alto índice glicêmico, como a batata, mandioquinha, cara, inhame, mandioca, fubá, macarrão e arroz branco, podem causar picos de glicose e consequentemente de insulina, favorecendo os ataques de fome.  

Para algumas pessoas o vegetais crucíferos, como repolho, brócolis e couve-flor, e certas leguminosas, como feijão e lentilha, estimulam a fermentação excessiva e favorecem os gases. "Mas isso depende de como cada organismo reage a estes alimentos", observa Ragasso.

Uma dica para evitar que o feijão cause gases é deixar este alimento de molho de um dia para o outro e descartar a água. Depois, comece a preparar o feijão normalmente e descarte a água quando chegar na metade do processo e coloque uma nova água. "Assim, você libera os fitatos do feijão que são as substâncias que favorecem os gases", explica Ragasso.

Este conteúdo ajudou você?
Sim Não