Proteja sua salada dessa avalanche de calorias

Alguns ingredientes transformam seu prato light numa bomba

POR REDAÇÃO - ATUALIZADO EM 28/03/2012

De nada adianta investir nas saladas para matar a fome e manter o ponteiro da balança em dia, se, no prato, você incluir ingredientes que transbordam calorias. "Um dos erros mais comuns de quem aposta nas saladas é achar que as folhosas, como alface, almeirão, rúcula e agrião, neutralizam as calorias dos outros ingredientes que compõem o prato", alerta Roberta Stella, responsável pela equipe nutricional do Dieta e Saúde.

A especialista afirma que uma porção generosa de folhas acompanhada de tomate, legumes e regada com um fio de azeite são suficientes para montar uma salada que antecede a refeição principal. Quem, em vez de fazer da salada a entrada para as refeições, faz dela o prato principal, acaba pecando por acreditar que pode abusar dos ingredientes na hora de compor a salada.

Segundo Roberta, a salada que substitui refeições precisa conter, além das folhosas, fontes de proteínas, carboidratos e gorduras boas. Mas isso não significa ingredientes à vontade. Além da quantidade, atente à qualidade nutricional dos acompanhantes das suas folhas. A nutricionista do Minha Vida montou uma lista dos ingredientes que você deve banir da sua salada ou maneirar na hora de encher o prato.

Bacon frito

Você deveria riscá-lo não só da sua salada, mas de todo o seu cardápio. Rico em gordura saturada, colesterol e calorias, o bacon está entre os maiores vilões da boa alimentação e da saúde.

Calorias em 1 fatia de bacon (15 g): 99 kcal