Café da manhã rico em proteínas pode ajudar no controle de peso

Crianças e adolescentes que comem ovos ficam mais saciados ao longo do dia

POR MINHA VIDA - PUBLICADO EM 14/07/2010

Acrescentar mais proteínas ao café da manhã das crianças e adolescentes pode ajudar a controlar o peso dos jovens, segundo estudo recentemente publicado no International Journal of Obesity. De acordo com pesquisadores da Universidade do Missouri, nos Estados Unidos, um em três americanos está acima do peso, o que aumenta significativamente seus riscos de desenvolver diversos problemas de saúde.

Entretanto o novo estudo mostra que só o fato de os jovens comerem ovos no café da manhã pode ajudar a combater esse problema de saúde pública, ao deixá-los mais saciados durante o dia, reduzindo seu consumo de calorias.

Na pesquisa, os especialistas examinaram o impacto de uma dieta rica em proteínas no café da manhã de adolescentes que tradicionalmente pulavam essa refeição. E descobriram que, quando os jovens tinham a primeira refeição do dia repleta de proteínas, eles sentiam menos fome e comiam aproximadamente 130 calorias a menos no almoço.

"Observamos que tomar o café da manhã, independentemente da composição, leva a um aumento na sensação de saciedade. Entretanto, quando os adolescentes tomavam um café da manhã rico em proteínas, eles também experimentavam uma redução na fome, maximizando os efeitos benéficos da refeição", destacou a pesquisadora Heather J. Leidy.

"Este estudo apoia descobertas similares em adultos, que mostraram que, quando os adultos tomam um café da manhã contendo alimentos como proteínas de alta qualidade, incluindo ovos e bacon ?magro? canadense, eles tinham uma maior sensação de saciedade durante todo o dia, comparados a quando as proteínas eram ingeridas no almoço ou no jantar", acrescentou a especialista.

Outro estudo que mostra resultados similares foi recentemente publicado no Journal of Pediatrics. Segundo os autores, adolescentes muito obesos que seguiram uma dieta rica em proteínas e pobre em carboidratos apresentaram menor índice de massa corporal após 13 semanas e maior capacidade de manter a perda de peso após seis meses, comparados àqueles com dieta apenas de restrição de gordura. Além disso, a dieta rica em proteínas foi associada a uma maior perda de gordura e queda dos níveis de triglicérides.

"Essas descobertas são importantes porque armam os jovens e seus familiares com um conselho prático que pode ser implementado em casa", disse Heather Leidy. "Alimentos ricos em proteínas, como ovos, podem manter as pessoas satisfeitas por mais tempo, ajudando-as a consumir menos calorias durante todo o dia", concluiu. 

Outros benefícios da proteína

 A nutricionista do Dieta e Saúde, Roberta Stella, ressalta a importância de se ter um cardápio com proteínas: "As proteínas obtidas através dos alimentos desempenham diversas funções no organismo. Elas estão envolvidas na reparação do tecido corporal, na formação de enzimas, hormônios, anticorpos, no transporte de triglicérides, colesterol e vitaminas pelo corpo. Isso tudo sem falar da energia que elas oferecem para mantermos o esqueleto em pé. A cada grama de proteína, você pode contar com a energia de 4 calorias a mesma quantidade fornecida pelos carboidratos."

Isso quer dizer que se você cortar esse nutriente do cardápio, você vai causar um rebuliço no seu organismo. As proteínas participam de processos metabólicos importantes. Sem elas, as funções dos aminoácidos podem ficar comprometidas.

Por isso que diversos estudos se propõe a investigar os benefícios das proteínas. Um dos mais recentes estudos envolvendo o nutriente foi feito pelo Institute for Aging Research, nos EUA, onde os pesquisadores descobriram que idosos que consomem uma dieta rica em proteína são menos propensos a sofrer fraturas de quadril do que idosos cuja ingestão diária deste nutriente é menor.

Este conteúdo ajudou você?
Sim Não